Tamanho do texto

Lima e Jefferson Maranhão fizeram os gols paranistas ainda no primeiro tempo de partida

O Paraná Clube voltou a apresentar um bom futebol diante de seu torcedor e bateu o Icasa por 2 a 0, na Vila Capanema. Com o resultado, a equipe paranaense vai dormir na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro , aguardando os resultados da rodada de sábado para saber sua posição real no G-4, podendo até mesmo permanecer no topo da classificação.

O time mandante tomou para si as ações do jogo e abriu o placar aos 16 minutos da primeira etapa com Lima, que invadiu a área e chutou cruzado para balançar as redes. Antes do intervalo, aos 43 minutos, Jefferson Maranhão ampliou a vantagem.

Na próxima rodada, o Paraná Clube tem um jogo dificil, diante do Vitória, terça-feira, no Estádio Barradão, em Salvador. Já o Icasa recebe no mesmo dia, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, o Asa de Arapiraca.

O jogo
O Tricolor da Vila iniciou a partida tentando impor seu ritmo e, logo aos dois minutos, criou a primeira boa chance após cobrança de falta. No rebote, Jefferson Maranhão pegou de primeira e mandou por cima da meta. Buscando trabalhar pela lateral do campo, Éverton Garroni apareceu em velocidade, aos oito minutos, mas o cruzamento foi afastado pela zaga.

O time da casa tomava as ações da partida, mas aparava em uma defesa bem postada. Com isso, a equipe cearense começou a gostar do jogo. Aos 15 minutos, Fábio Lopes aproveitou falha da defesa, arriscou o chute, mas mandou alto demais. Porém, a pressão durou pouco e, aos 16 minutos, Lima invadiu a área e chutou cruzado para abrir o placar para o Paraná. Aos 24 minutos, Cambará acertou um verdadeiro petardo e quase ampliou a vantagem.

Jogadores do Paraná comemoram gol
Futura Press
Jogadores do Paraná comemoram gol

A equipe paransita desenvolvia um bom futebol e agradava o torcedor, embora encontrasse dificuldade para marcar o segundo gol. Aos 31 minutos, Jefferson maranhão tentou resolver sozinho e foi travado, ganhando apenas uma falta para cobrar. O ritmo da partida caiu um pouco e o Verdão do Cariri voltou a criar. Aos 40 minutos, Ribinha deu bom passe para Fábio Lopes e Amarildo apareceu para afastar. Mas, aos 43 minutos, Jefferson Maranhão recebeu passe açucarado e tocou no cantinho para ampliar.

Na segunda etapa, o Icasa voltou com duas modificações e outro espírito para a partida. Aos dois minutos já perdeu uma oportunidade incrível com Fábio Lopes que, dentro da pequena área conseguiu cabecear para fora. Aos sete minutos, Marino arriscou de fora da área e Zé Carlos trabalhou bem para segurar. Aos nove minutos foi a vez de Preto arriscar, sem sucesso.

A pressão do adversário obrigou o técnico Roberto Fonseca a mexer no tricolor, colocando em campo Diego, buscando mais velocidade. Aos 18 minutos, Bibinha fez a jogada e cruzou, mas a bola passou por todo mundo na área paranista. Aos 24 minutos, Preto tentou um novo cruzamento para a área, Amarildo fez o corte e Zé Carlos deixou a meta para defender. O Paraná reagiu e, aos 26 minutos, Júlio César disparou um míssil que carimbou o travessão.

O Verdão do Cariri cansou e parou de pressionar, facilitando o trabalho do time da casa, que administrava bem o resultado. Aos 38 minutos, Oliveira chutou, Marcelo Pitol deu rebote e Diego apareceu para completar pela linha de fundo. Preto tentou descontar com um chute no ângulo e a bola passou raspando. Nada que atrapalhasse a festa dos quase 9 mil torcedores que praticamente esgotaram os ingressos disponíveis na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE 2 X 0 ICASA

Local : Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data : 24 de junho de 2011, sexta-feira
Horário : 21 horas (de Brasília)
Árbitro : Edmundo Alves do Nascimento
Auxiliares : Juliano Fernandes da Silva e Rosnei Hoffmann Scherer.
Cartões amarelos : Cambará, Jefferson Maranhão, Zé Carlos (Paraná); Elielton, Diego Palhinha, Luís Henrique (Icasa)

GOLS : PARANÁ: Lima, aos 16 minutos, e Jefferson Maranhão, aos 43 minutos do primeiro tempo

PARANÁ : Zé Carlos; Júlio César, Luciano Castán, Amarildo e Lima; Everton Garroni, Cambará (Luís Camargo), Júnior Urso, Welington (Oliveira) e Jefferson Maranhão (Diego); Giancarlo
Técnico : Roberto Fonseca

ICASA : Marcelo Pitol, Dodó, Ramon, Luís Henrique e Janilson (Vanderson); Vinícius, Eliélton (Preto), Marino e Diego Palhinha; Ribinha e Fábio Lopes (Marciano).
Técnico : Dado Cavalcanti.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.