Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paraná agora vai ao STJD para tentar evitar rebaixamento

Clube quer que Tribunal anule julgamento do TJD-PR, que não tirou pontos de rival por escalação irregular

Leonardo Fagundes, iG Curitiba |

O Paraná Clube ainda busca uma salvação no Campeonato Paranaense. Depois de ser rebaixado para a Segunda Divisão, a equipe tenta nos tribunais evitar o consolidado vexame.

Para isso, o clube entrou com um pedido de nulidade do julgamento do Rio Branco no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. O time de Paranaguá foi julgado por ter inscrito de forma irregular o atacante Adriano. O nome do atleta foi registrado de forma errada, mas o clube acabou absolvido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná em segunda instância.

O Rio Branco recebeu apenas uma multa de R$ 27,5 mil e não perdeu pontos, o que faria com que o Paraná permanecesse na primeira divisão.

Agora, o Paraná quer a nulidade do julgamento, já que não pode ter “voz no processo”. Os advogados paranistas alegam que o clube deveria ter se pronunciado no julgamento.

Segundo o advogado Alessandro Kishino, caso o pedido do Paraná seja aceito, haverá um novo julgamento pelo TJD. No entanto, desta vez, o clube de Curitiba poderá se pronunciar no Tribunal, podendo mudar os rumos do julgamento.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG