Após cumprir suspensão na Taça Rio, meia volta ao Vasco sem dores contra o Náutico pela Copa do Brasil

Diego Souza está de volta ao time do Vasco . Depois de cumprir suspensão contra a Cabofriense, no sábado, pela Taça Rio, o camisa 10 é a novidade na partida desta quarta-feira, nos Aflitos, diante do Náutico, pela Copa do Brasil. Mais do que poder entrar em campo e dar sua contribuição para a equipe estrear bem nas oitavas de final do torneio, o meia comemora a recuperação do corte sofrido no pé direito.

Logo no seu primeiro jogo, no clássico com o Botafogo, no Engenhão, e le marcou um dos gols da vitória de 2 a 0 sobre o rival de General Severiano . A estreia, no entanto, não foi melhor porque Diego, numa disputa de bola, acabou se lesionando e foi obrigado a levar dois pontos no pé . A partir daí, para não perder espaço no time e ganhar condicionamento, passou a jogar no sacrifício.

Na rodada seguinte, contra o Fluminense, esteve ameaçado de desfalcar o time. Mas relutou e entrou em campo. Não teve uma boa sequência, ele mesmo admite. Porém, com a parada em razão do terceiro cartão amarelo, teve tempo para cuidar do machucado e aprimorar a parte física.

“Eu não queria ter ficado de fora, mesmo com os dois pontos no pé. Tive uma sequência nada proveitosa. Com essa parada, foi bom porque pude treinar e me condicionar pra voltar melhor. Tive uma semana inteira livre e trabalhei bem. Hoje me sinto bem”, declarou o camisa 10, que volta na vaga de Bernardo. Mesmo com os dois gols marcados nos últimos jogos, o meia volta para o banco e reservas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.