Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para treinador Mourinho, falta "empatia funcional" no Real Madrid

Técnico exaltou que sempre venceu suas batalhas, mas disse que não sabe se conseguirá superar uma possível briga interna

EFE |

Chateado com alguns problemas internos do Real Madrid, o técnico José Mourinho disse nesta quarta-feira, em entrevista ao site do jornal português "O Jogo", que é preciso haver um único foco dentro do clube para que os bons resultados sejam alcançados.

"Digo que aqui há déficit na empatia funcional. Para mim, em um clube, todos devem trabalhar com o mesmo objetivo", comentou Mourinho, que, no dia em que completa 48 anos, abordou em profundidade a situação institucional do Real e os obstáculos que encontrou.

"Sempre ganhei todas as minhas batalhas, com todo respeito e carinho, contra o inimigo de fora, isto é, superando as dificuldades dos adversários. Já não sei se conseguirei ganhar as batalhas da empatia interna. Veremos", acrescentou o treinador português, que acredita que o clube merengue "não está estruturado para a dimensão da qual dispõe".

Sobre a possível existência de uma "guerra silenciosa" com o diretor-geral do clube, Jorge Valdano, Mourinho garantiu que não existe nada parecido e que suas guerras são sempre "abertas e declaradas".
 

Leia tudo sobre: José MourinhoReal Madridfutebol mundialespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG