Tamanho do texto

Equipe do interior paulista não disputa a Série A desde 1998 e tem neste sábado a primeira chance do acesso

Sem disputar a Série A do Campeonato Brasileiro desde 1998, o Bragantino terá a primeira chance de garantir a volta para a divisão de elite do futebol nacional neste sábado, quando recebe o ASA, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid. Para antecipar o acesso, o Braga tem que vencer e ainda torcer por uma derrota do Vitória para o São Caetano e por no máximo um empate do Sport com o Paraná.

Após passar a maior parte do campeonato fora do G-4, o Bragantino conseguiu três vitórias consecutivas nos últimos jogos e chegou à quarta colocação. Para aumentar a série vitoriosa, a equipe deve ser a mesma que goleou o Goiás por 4 a 0 na última rodada.

Os únicos desfalques estão no meio-campo e já não atuaram contra o time esmeraldino. Os volantes Eder e Mineiro ainda não se recuperaram de lesões musculares, enquanto Reinaldo rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo e não joga mais na temporada.

Pelo lado do ASA, a partida também é encarada como vital para o destino na Série B, mas por outro motivo. Com os mesmos 45 pontos do São Caetano, o time alagoano só não está na zona de rebaixamento porque tem mais vitórias que o São Caetano.

Na partida deste sábado, a equipe alagoana deve ter duas mudanças em relação à vitória sobre o lanterna Duque de Caxias, todas na defesa. Na zaga, o suspenso Toninho será substituído por Leandro Cardoso. Já na lateral direita, Gilberto Matuto foi barrado por Vica e terá sua vaga disputada por Chiquinho Alagoano e Sérgio Bueno.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO X ASA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 19 de novembro de 2011, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Nadine Schram Câmara Bastos (SC)

BRAGANTINO: Gilvan; Luis Henrique, André Astorga e Júnior Lopes; Léo Jaime, Esley, Felipe, Luis Mário e Marcinho; Romarinho e Lincom
Técnico: Marcelo Veiga

ASA: Gilson; Chiquinho Alagoano (Sérgio Bueno), Leandro Cardoso, Di Fábio e Chiquinho Baiano; Cal, Mariélson, Francismar e Raul; Alexsandro e Reinaldo Alagoano
Técnico: Vica