Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para são-paulinos, confronto com o Santa Cruz é o "jogo do ano"

Fernandinho e Casemiro valorizam o adversário, mas dizem nem pensar na hipótese da desclassificação

Levi Guimarães, iG São Paulo |

O que poderia ter sido um passo simples do São Paulo na Copa do Brasil com uma boa vitória fora de casa na última quarta-feira se transformou em promessa de vida difícil para a equipe. Antes da partida de volta contra o Santa Cruz pela segunda fase do torneio nacional, os jogadores do time do Morumbi já classificam o confronto como “jogo do ano”.

Com a derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz no recife, o São Paulo não precisa simplesmente vencer a equipe pernambucana para avançar. Na Arena Barueri, onde o jogo será disputado, o time precisa vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga nas oitavas-de-final. Novo 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, enquanto uma vitória por um gol de diferença, mas com gol sofrido, dá a vaga aos visitantes.

“É o jogo mais importante do ano no meu ponto de vista. Não podemos dar nenhuma brecha, não podemos dar bobeira. Estamos confiantes, o time todo está concentrado, sabemos da situação do jogo, de termos que vencer bem, e temos que encarar como uma final”, disse o volante Casemiro, que não tem vaga como titular garantida.

O atacante Fernandinho concorda com o companheiro: “também vejo dessa forma. Porque é uma decisão. Precisamos vencer, e com um bom resultado pra nos classificar. Então sem dúvida nenhuma é o jogo do ano sim. Vai ser bem difícil, mais um jogo complicado como já tivemos no Recife. Mas estamos conscientes do que precisamos fazer”.

O discurso de respeito é tão grande que os são-paulinos sequer admitem que uma eliminação diante do rival possa ser considerada uma zebra. “Zebra não. Com certeza ficaríamos muito tristes, porque é um título que queremos muito esse ano, a Copa do Brasil. Mas zebra não, porque o Santa é um time bom, joga firme na marcação. Não podemos deixar de valorizar o trabalho deles também”.

Apesar de ser um dos grandes times de Pernambuco e do Nordeste, o Santa Cruz disputa atualmente apenas a quarta divisão do Campeonato Brasileiro. Esta, para Fernandinho, é uma situação injusta com a equipe nordestina. Mas, ainda assim, ele deixa claro que ninguém no São Paulo cogita a possibilidade de não alcançar a classificação.

“É uma equipe que não merece viver a situação que vive. Tem torcida enorme, um time bom. Não sei como está a parte administrativa do clube, mas não merece estar onde está. Grupo não pensa nessa hipótese [de ser eliminado]. Está focado em vencer de uma forma que não permita colocar em risco a classificação”, afirmou o atacante.

Leia tudo sobre: são paulocopa do brasil 2011casemirocarpegiani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG