Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para repor perdas, Arsenal cogita volta de Henry em janeiro

Atacante tem contrato com o New York Red Bulls, mas poderia jogar no time inglês durante o recesso no campeonato nos EUA

Gazeta |

Getty Images
Henry pode voltar ao Arsenal durante recesso de campeonato nos Estados Unidos
O número de atacantes no elenco do Arsenal vai ser reduzido em janeiro. Com o marroquino Chamakh e o marfinense Gervinho disputando a Copa das Nações Africanas por suas seleções nacionais, os ingleses cogitam uma reposição de curto prazo. Assim, abre-se a possibilidade para que Thierry Henry, maior ídolo recente do clube, volte a defender a equipe.

"Um contrato curto é o ideal para nós, mas eu não fiz nenhuma sondagem ainda. Thierry não está aqui no momento. O dia 1º de janeiro será a data vital para que tomemos a decisão. Vou fazer isso nos próximos sete dias", afirmou Wenger.

Henry, que está com 34 anos, tem contrato vigente com o New York Red Bulls, dos EUA, mas como a liga americana vive um período de recesso, haveria a possibilidade de o atacante ser emprestado ao Arsenal por dois meses. Algo semelhante já aconteceu com o meia David Beckham quando tinha vínculo com o Los Angeles Galaxy e jogou pelo Milan por um curto período.

O jogador francês atuou por oito anos no Arsenal e conquistou dois campeonatos ingleses e três copas da Inglaterra. Após marcar mais de 200 gols com a camisa dos Gunners, Henry se transferiu para o Barcelona em 2007, mas a sua história no clube inglês sempre é reconhecida pelo clube e pelos torcedores.

O último sinal de gratidão do Arsenal pelos serviços prestados por Henry aconteceu no início deste mês, quando a equipe inaugurou uma estátua do francês em frente ao seu estádio, em Londres.

Leia tudo sobre: thierry henryarsenalarséne wengerfutebol mundialinglaterraarsenal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG