Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para renovar, Liedson diz estar bem fisicamente e minimiza dinheiro

O contrato de Liedson com o Corinthians termina no dia 12 de julho, mas o centroavante quer prolongar sua passagem pelo clube

Gazeta |

Gazeta Press
Contra o Oeste, Lieson quebrou o jejum de 12 jogos e marcou 2 gols
Liedson tem contrato com o Corinthians somente até o dia 12 de julho, mas planeja prolongá-lo por três ou quatro temporadas. À espera de uma conversa decisiva com a diretoria, ainda sem data para acontecer, o camisa 9 tenta driblar dois entraves: ele garante estar bem fisicamente a ponto de assinar um compromisso longo e minimiza a parte financeira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Tenho 34 anos, vou fazer 35 neste ano ainda (17 de dezembro). Ninguém sabe o que pode acontecer, mas espero jogar por muito tempo. Pelo que estou sentindo agora, com certeza aguento mais três, quatro anos", garantiu o Levezinho, na cerimônia de lançamento de seu site oficial. A possibilidade de renovação já começou a ser discutida. Além de conversas informais no fim de 2011, houve uma reunião da cúpula alvinegra com os representantes do jogador no início de março. Liedson define o acerto como "encaminhado", mas diz que o tempo de contrato ainda não foi discutido.

Leia mais: Liedson festeja fim do jejum, agradece colegas e promete mais gols

As três cirurgias no joelho esquerdo e o recente jejum de 12 jogos sem gols (quebrado em dose dupla na vitória por 3 a 0 sobre o Oeste, domingo) instigam o clube a propor um vínculo curto, enquanto o atacante almeja um prazo mais longo para ter estabilidade nos últimos anos de carreira.

"Já foram três cirurgias no joelho, 100% nunca mais vai ficar, mas está bem. O que me incomodava ano passado já não me incomoda mais, estou muito bem fisicamente e com a cabeça boa. Tenho que aproveitar o momento", garantiu.

Veja também: Liedson encerra jejum, dá assistência e Corinthians bate o Oeste

"Na única conversa que tivemos, vimos que as duas partes estão interessadas em continuar juntas. No momento certo vamos resolver se vou renovar por um, dois, três ou quatro anos ou se não vou renovar. A próxima reunião vai definir tudo isso", emendou.

A questão financeira poderia ser outro empecilho, uma vez que os dirigentes do Timão aguardam um pedido de aumento do atleta, artilheiro da equipe no ano passado mesmo com as constantes dores no joelho. Liedson garante que não vai dificultar um acordo.

Confira ainda: Estádio corintiano tem primeiros degraus de arquibancaba assentados

"Cheguei ao ponto em que o que menos importa é o dinheiro. Eu não quero sair agora, quero ficar no Corinthians por algum tempo ainda", garantiu o goleador, embora sem descartar um possível retorno para Portugal.

Liedson é ídolo no Sporting, equipe que defendeu de 2003 - quando deixou o Corinthians - até o início do ano passado. Ele se naturalizou português para disputar a Copa do Mundo de 2010, se despediu com um "até breve" e é constamente assediado pela ex-equipe.

"É muito imprevisível. Se eu não renovar, com certeza vou procurar algum clube, porque meu objetivo é continuar jogando", completou.

Leia tudo sobre: liedsoncorinthianscampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG