Tamanho do texto

Time de Felipão tenta vencer no Morumbi após quase nove anos para recuperar liderança do Paulistão

Pensando em ficar ainda mais perto de uma vaga entre os oito classificados do Campeonato Paulista e também em recuperar a ponta, o  Palmeiras  desafia o  São Paulo  neste domingo no Morumbi, palco em que os donos da casa não são derrotados há quase nove anos neste clássico. No período, 16 jogos foram disputados e os melhores resultados palmeirense foram apenas empates.

E para que a liderança deixe o Corinthians e volte para as mãos do Palmeiras, o time de Felipão precisa quebrar essa escrita. O empate não basta. Enquanto isso, o São Paulo pretende manter a invencibilidade histórica e pensa em manter a diferença de apenas um ponto da liderança.

Além do tabu e da briga pelo topo, o jogo poderia ficar marcado pela marca histórica de Rogério Ceni. O goleiro poderia chegar ao seu gol de número 100 e justamente contra o time que é seu maior freguês. O detalhe é que o goleiro sentiu dores nos últimos treinamentos e é dúvida para o clássico.

Caso ele realmente seja vetado por Paulo César Carpegiani, o goleiro titular deve ser Denis. Ele reconhece que atuar em clássico é sempre mais difícil, mas lembra de sua estreia justamente contra o Palmeiras para te dar motivação. O jogo terminou no 0 a 0 no Paulistão de 2009 em jogo disputado no Palestra Itália.

Carpegiani não revelou antecpadamente se Rivaldo fará companhia a Lucas
AE
Carpegiani não revelou antecpadamente se Rivaldo fará companhia a Lucas

“Estrear como titular jogando fora de casa e em um clássico não é fácil. Mas fiz uma das minhas melhores partidas com a camisa do São Paulo. Isso é muito importante para o jogador", disse o jogador.

Carlinhos Paraíba é outra dúvida do treinador por causa da lesão. Além disso, Carpegiani não revelou se optará por um meio-campo com Rivaldo ou com o jovem Casemiro.

Do outro lado, buscando quebrar o tabu e também manter a liderança, o Palmeiras deve jogar sem grandes surpresas. O próprio treinador admitiu que sua única dúvida fica por conta da escalação de um terceiro atacante. A provável opção seria pela entrada de Adriano ao lado de Luan e Kleber. Tinga deve ser a vítima e perderia o lugar no time caso Felipão ache necessário.

No gol, Deola será o titular. Marcos ficou afastado durante boa parte da semana por causa de problemas de saúde de sua mãe e não foi nem relacionado. Outro que ficou fora da lista é o zagueiro Maurício Ramos. A dupla será formada por Danilo e Thiago Heleno.

Danilo deve ter a companhia de Thiago Heleno na linha defensiva
AE
Danilo deve ter a companhia de Thiago Heleno na linha defensiva
A defesa do São Paulo, aliás, foi muito elogiada por Felipão. Apesar de comandar a melhor zaga do Paulistão, o treinador afirmou que já é tradição do São Paulo contar com bons zagueiros.

“Nossa defesa tem tido boas atuações, sofrido poucos gols. Mas nós sabemos que nos últimos sete ou oito anos, no mínimo, a defesa do São Paulo sempre foi uma das bases para as grandes conquistas. E sempre jogou naquela linha de três zagueiros onde tinha uma atuação técnica e tática perfeita. Vejo hoje ele bem organizado e com jogadores que podem dar novamente ao time a condição de grande time que sempre foi”, afirmou Felipão.

FICHA TÉCNICA – SÃO PAULO X PALMEIRAS
Local : Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data: 27 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza

SÃO PAULO : Rogério Ceni (Denis); Miranda, Alex Silva e Rodolpho; Jean, C. Paraíba, Rivaldo (Casemiro), Lucas e Juan; Fernandinho e Dagoberto
Técnico: Paulo César Carpegiani

PALMEIRAS : Deola; Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga (Adriano) e Valdivia; Luan e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari