Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Montillo, ganhar o Campeonato Mineiro virou obrigação

Argentino tentou passar tranqüilidade aos mais jovens e não encontrou explicações para eliminação na Libertadores

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Vipcomm
Meia Montillo não encontrou explicações para fiasco diante do Once Caldas
O meia Montillo estava muito abatido na reapresentação do Cruzeiro depois da eliminação na Libertadores diante do Once Caldas. O jogador acredita que o time mineiro tinha futebol para ser campeão da Libertadores e encara a conquista do Campeonato Mineiro como uma obrigação agora.

O argentino acredita que o time pecou no mata-mata e falou sobre a tristeza da eliminação. “Uma tristeza grande, pois temos time para ganhar a Libertadores. Mas não deu certo. Mata-mata não perdoa. Na fase de grupos pode perder pontos, mas mata-mata tem que ganhar sempre. Ganhar o Mineiro é uma obrigação, pois acho que tínhamos time para conquistar os dois títulos”, avaliou Montillo.

Experiente, o meia acredita que é hora de dar uma força para os atletas mais jovens, que tendem a ficar mais abalados com a eliminação precoce no torneio continental. “Temos jogadores muito experientes, que devem falar com os mais jovens como Pablo e Gil. Partidas ruins sempre podem acontecer. Não foram alguns que foram mal, foram todos. Somos um time”, disse Montillo.

O meia considera a partida contra o Once Caldas a pior do Cruzeiro desde que chegou ao futebol brasileiro no ano passado. “Pior jogo. Em 40 jogos aqui, nunca vi o time todo jogando tão mal. Não temos muitas palavras para falar. Não achamos explicações para o que aconteceu ontem (quara-feira). Time grande tem que levantar a cabeça”, analisou o camisa 10.

null

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011Montillo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG