Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para melhorar defesa, Ricardo Gomes dá puxão de orelha no Vasco

Além dos zagueiros, técnico cobra participação dos meias e dos atacantes quando o time está sem a bola

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Ricardo Gomes não poupou nem os homens de frente. Para corrigir as falhas na defesa, a bronca foi geral. O time, em quatro partidas, tinha sofrido oito gols. O problema está no tamanho dos adversários. A zaga do Vasco foi vencida por equipes chamadas pequenas (Comercial-MS, Macaé, Duque de Caxias e Madureira). Contra o Botafogo, no último domingo, passou em branco. O motivo: puxão de orelhas.

A bronca começou com os zagueiros. No duelo contra o ataque alvinegro, funcionou. O grandalhão Loco Abreu foi vigiado de perto por dois marcadores, pois aquela era a preocupação maior dos vascaínos. No entanto, não foi apenas a dupla Dedé-Anderson Martins a responsável pelo sucesso da última rodada. A marcação começou lá na frente.

Fotocom
Anderson Martins e Dedé formam uma dupla entrosada no Vasco
“O Ricardo (Gomes) cobrou de todo mundo. Cobrou dos meias, do time todo. Cobrou posicionamento, pediu para preencher os espaços. Quando sai um gol, a culpa não é só da defesa, é de todo mundo, então todo mundo tem que entrar ligado e tem que marcar”, entregou o zagueiro Anderson Martins.

Gomes exigiu que o meio-campo se desdobrasse. O setor hoje tem Rômulo, Eduardo Costa, Bernardo, Felipe e Diego Souza. Os três últimos já atuaram como volantes. Com a facilidade de marcar, o trio não economiza fôlego. Sem a bola, todos voltam e marcam. A exceção foi Diego Souza. O meia fez apenas um jogo, e assim mesmo atuou como atacante.

“Ele quer todo mundo se ajudando, todo mundo voltando, um time compacto”, comentou Anderson Martins, que se diz à vontade ao lado do companheiro Dedé. O zagueiro, de 23 anos, chegou ao Vasco em 2011. Revelado pelo Vitória, vem ganhando experiência no futebol carioca. “Dedé me ajuda bastante. A gente conversa, ele me passa confiança. Estamos nos entendendo bem”.
 

Leia tudo sobre: vascofelipeanderson Martins

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG