Meia passará por avaliação física na quinta-feira. Como Elano e Neymar, meia foi ausência na apresentação da seleção brasileira

Os santistas Elano , Neymar e Ganso foram as ausências na apresentação da seleção brasileira para a Copa América nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro. Os jogadores do Santos disputarão a final da Libertadores na quarta e se juntarão à delegação nacional apenas no dia seguinte, já em solo argentino – o resto da delegação brasileira viaja na terça. O meia Ganso, que deve jogar a decisão continental, passará por uma avaliação física na seleção devido à lesão muscular da qual se recuperou recentemente.

De acordo com o doutor José Luiz Runco, o camisa 10 do Santos será submetido a dois dias de avaliação após se apresentar. Será uma observação mais cuidadosa, mas trata-se, em termos gerais, dos mesmo procedimentos adotados para todos os jogadores que se apresentaram. “O Ganso vai jogar no Santos e depois vai fazer dois dias de avaliação na seleção. Mas está tudo correndo como o esperado”, falou o médico, que confirmou a recuperação total do atacante Alexandre Pato , do Milan. “Com ele (Pato), não há problemas”.

No dia 8 de maio, durante a primeira partida da final do Campeonato Paulista contra o Corinthians, Ganso sofreu um estiramento de grau 2 no músculo reto anterior da coxa direita. Na época, foi estipulado prazo de seis semanas para sua total recuperação.

Sem jogar desde então, Ganso é esperado para defender o Santos na partida decisiva da Libertadores contra o Peñarol. O técnico Muricy Ramalho, no entanto, ainda não confirmou a volta do meia.

A estreia do Brasil na Copa América está marcada para o dia 3 de julho, contra a Venezuela. Até lá, os treinamentos vão acontecer na concentração, em Los Cardales, cidade próxima a Buenos Aires.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.