Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para matemático, conta de Tite é insuficiente para assegurar título

Para técnico, 71 pontos dariam título ao Corinthians. Matemático afirma que é preciso somar 73 pontos no total

Gazeta |

Tite já destrinchou a tabela do Campeonato Brasileiro e, com base na campanha campeã do Fluminense no ano passado, quer somar mais 23 pontos (chegando a 71) nas 11 rodadas restantes, a fim de obter o título nacional. O matemático Tristão Garcia, entretanto, vê a projeção do treinador do Corinthians como insuficiente para sacramentar esse objetivo.

Veja também: Histórico permite que até nove times ainda sonhem com título

"Essa conta é baixa. Para ser campeão sem precisar olhar para os outros times, é preciso somar 73 pontos. O que não quer dizer que não dá para apostar com 72 ou 71. Com média de dois pontos por jogo (uma vitória e um empate), o Corinthians terminaria o campeonato com 70 pontos. E não dá para contar com a última rodada, clássico contra o Palmeiras. A última rodada vai ser pedreira para todos os times, e o placar em clássico tende sempre ao empate", analisa.

O que no momento descredencia a equipe paulista na disputa direta com o líder e ascendente Vasco é seu desempenho inferior em relação ao próprio desempenho no mesmo período no primeiro turno da competição. Passadas oito rodadas na primeira perna, o Corinthians tinha 20 pontos (seis vitórias e dois empates). Agora com oito rodadas no segundo turno, a pontuação é pouco acima da metade (11 pontos, com três vitórias, dois empates e ainda três derrotas).

"É claro que torcedor se baseia pelo último (mais recente) resultado da equipe, mas esse é o campeonato da irregularidade, então tem que analisar pela média mesmo. Meu critério para analisar o desempenho é comparar o que os times vêm fazendo nos últimos seis jogos. É uma média móvel para saber se ele está em crescimento", emenda o matemático, que no momento vê o ponteiro Vasco com 38% de chances de abocanhar o título, logo acima do Corinthians (27%).

A projeção de Tite, no entanto, também não é rígida. Embora idealize a campanha do Fluminense de 2010, o corintiano promete se atualizar a cada rodada. "O Fluminense teve aproveitamento de 62% dos pontos, eu trabalho em cima dessa perspectiva, Mas ela é monitorada a cada jogo. O Flamengo foi campeão em 2009 com 59% (67 pontos), aproveitamento que para mim é muito baixo", ressalva o treinador, acompanhado pelo também gaúcho Tristão possivelmente em um único ponto: até o final, o Corinthians tem pela frente menos confrontos diretos do que o Vasco.

Entre para a Torcida Virtual do Corinthians e comente a campanha do time no Brasileirão

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011titepontos corridos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG