Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Luxemburgo, rivalidade do clássico é melhor do que Viagra

Técnico diz que sequer tem dormido direito às vésperas do decisivo jogo de domingo contra o Botafogo

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Nos últimos anos, a rivalidade entre Flamengo e Botafogo tomou grandes proporções. Os dois clubes dividiram as conquistas dos últimos cinco Campeonatos Cariocas e se enfrentaram nas quatro últimas finais, em jogos com polêmicas de arbitragem, provocações entre jogadores e grandes confrontos.

O técnico Vanderlei Luxemburgo acompanhou de longe, mas sabe como isso é capaz de aumentar a expectativa para uma decisão, como a deste domingo, às 16h, no Engenhão, que vale uma vaga na final da Taça Guanabara.

“Isso é melhor do que Viagra”, brincou Luxemburgo. “Depois do jogo contra o Murici-AL, pela Copa do Brasil, a adrenalina já veio, não dormi direito, acordei de madrugada, fica piscando. Essa rivalidade é legal, só não pode ter violência”, emendou. 

Desde que voltou ao clube, Luxemburgo só teve a chance de disputar clássicos com Vasco. Conseguiu um empate no Campeonato Brasileiro de 2010 e uma vitória na Taça Guanabara deste ano. Agora, terá um novo rival pela frente, sabendo o que um jogo como esse representa. 

“Hoje, o Botafogo e o Fluminense são equipes mais prontas do que a nossa. Ainda estamos em formação. Mas eles já perderam, nós, não. Mas vamos perder, tomara que não seja no clássico”, comentou o treinador, considerando excelente o desempenho do time até agora, com nove vitórias e um empate na temporada.

Leia tudo sobre: FlamengoBotafogoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG