Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para levantar taça, capitães Puyol e Dracena desafiam a lógica

Brasileiro e espanhol pedem ajuda para marcar os craques Messi, Neymar, Iniesta, Xavi e Ganso

Samir Carvalho, enviado iG a Yokohama |

Divulgação
Capitão quer levantar sua quarta taça pelo Santos
A taça do Mundial de Clubes da Fifa será levantada após o duelo entre Santos e Barcelona , neste domingo, às 8h30 (de Brasília e 19h30 horário local), no estádio Yokohama, no Japão. Só resta saber qual capitão realizará o feito após o jogo: Edu Dracena ou Puyol .

E a missão dos defensores para conquistar o objetivo não será nada fácil, já que os dois terão que desafiar a lógica e evitar o brilho de jogadores como Neymar , Messi , Iniesta , Xavi e Paulo Henrique Ganso .

Leia mais: Barça é freguês de brasileiros no Mundial

“Espero que não seja difícil para levantar essa taça, mas final envolve tudo, emocional, físico, e esperamos vencer esse jogo”, afirmou Dracena.

Apesar de liderança em campo, Puyol e Edu Dracena utilizam o mesmo discurso quando o assunto é parar Neymar e Messi.

Leia também: Bicampeão, Santos nunca perdeu uma decisão de Mundial de Clubes

“É um bom jogador, muito jovem e que está fazendo diferença, com muito futuro. No jogo não dá para saber para onde ele vai sair, se pela esquerda ou pela direita. Ele é muito rápido. Não é trabalho de um só jogador e sim de toda a defesa para marcá-lo”, declarou Puyol.

“Não só eu, o time todo será responsável. É lógico que você tendo uma função para defender, temos que fazer o melhor para não deixar os atacantes passarem e jogar”, disse Dracena.

Saiba:  Final de domingo vai desempatar duelo Europa x América do Sul

Barcelona e Santos não divulgaram as escalações de suas equipes. O time catalão costuma atuar com uma linha de quatro atrás – dois zagueiros e dois laterais – e também com três zagueiros. Já o time da Vila Belmiro tem uma dúvida no setor: Léo ou Bruno Rodrigo

Leia tudo sobre: mundial de clubessantosedu dracenafutebol mundialespanhabarcelonapuyol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG