Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Leandro Guerreiro, Cruzeiro marca mais com sua presença

Volante deve ser o substituto de Henrique, que está com a seleção brasileira em amistoso na Inglaterra

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Substituir um jogador que está na seleção brasileira nunca é tarefa fácil. Mas para quem está no banco de reservas pode ser uma chance de ouro para mostrar serviço. É isso o que pretende o volante Leandro Guerreiro, provável substituto de Henrique contra o América-MG, já que o companheiro foi convocado para o amistoso da seleção brasileira. Guerreiro acredita que tem características diferentes das de Henrique e deixa o problema para o técnico Cuca.

Vipcomm
Leandro Guerreiro atua mais recuado do que Henrique, que está com a seleção
Leandro Guerreiro acredita que o Cruzeiro ganha na marcação, mas perde na saída de bola com a ausência de Henrique. “Acho que ganhamos na marcação, mas perdemos na distribuição das jogadas. Ele joga na frente do Marquinhos Paraná e faz a ligação com os meias e atacantes. Mas ganhamos na marcação, pois ficamos mais fechados quando eu jogo”, analisou Leandro Guerreiro.

Guerreiro fez questão de elogiar o colega. “Henrique chega mais, tem mais habilidade com a bola no pé e vai mais para o ataque. Eu jogo mais recuado, no meio dos zagueiros. Vamos deixar para o Cuca resolver isso e montar o melhor time”, disse o volante.

Titular absoluto do Botafogo antes de chegar ao Cruzeiro, o jogador assimila a reserva no time mineiro como algo que faz parte do futebol. “É normal, até porque estou chegando agora aqui. Quando vim para cá, sabia que essa briga seria acirrada. Mas tudo que é difícil tem um sabor melhor. Sempre vou lutar pelo meu lugar com lealdade e dedicação. Sei que Henrique é seleção, Marquinhos Paraná é regular. Mas vou procurar meu espaço”, concluiu Leandro Guerreiro, que chegou ao Cruzeiro no início desta temporada.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG