Zagueiro afirmou que entenderia caso Felipão optasse por escalar Maurício Ramos ao lado de Thiago Heleno

Nesta quinta-feira, Luiz Felipe Scolari contará com os quatro zagueiros de ofício do Palmeiras para o jogo contra o Vasco , pela Copa Sul-Americana. Ele poderá escolher apenas dois e a tendência é que Thiago Heleno seja mantido e que Henrique seja a novidade entre os selecionados, voltando a atuar após a estreia como titular no último sábado, diante do Grêmio . O ex-jogador do Barcelona, no entanto, diz que admitiria ficar de fora do time titular.

Ele afirma que entenderia se Felipão preferisse manter Maurício Ramos entre os escolhidos, especialmente pelo time ter a melhor zaga do Brasileirão, com dez gols sofridos. O camisa 3 só faz questão de destacar que está completamente pronto fisicamente para atuar.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“A escalação quem decide é o Felipão. O que ele optar a gente vai ter que obedecer e estamos cientes de tudo. É opinião só dele. O trabalho (físico) foi feito pela comissão técnica, pelos preparadores e foi muito importante. São ótimos profissionais e isso me ajudou bastante”, afirmou o jogador.

Neste momento, está praticamente descartado que Luiz Felipe Scolari opte por escalar três zagueiros, uma vez que o time quase não treinou neste sistema. No futuro, no entanto, há a possibilidade do time se fechar com mais jogadores na parte defensiva, com a saída de um dos laterais, por exemplo.

“Se é viável ou não, é o Felipão que vai decidir. Eu já joguei com três zagueiros, até mesmo lá fora, na Europa, então eu não teria nenhuma dificuldade em me adaptar com isso”, completou o camisa 3.

Neste sistema, Scolari também poderá utilizar Chico como uma opção. O atleta já atuou diversas vezes no Atlético-PR como o último zagueiro e já foi testado em outras ocasiões jogando na parte de trás do campo.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.