Lateral do Santos elogiou o companheiro de Santos e afirmou que é difícil marcar o atacante de 20 anos

Fucile elogiou o companheiro de time, Neymar
AE
Fucile elogiou o companheiro de time, Neymar
Com a experiência de quem já atuou nos principais torneios do futebol europeu e disputou a última Copa do Mundo, pela seleção uruguaia, o lateral direito Fucile deu a sua opinião sobre o excesso de faltas que têm sido cometidas no atacante Neymar. Para o jogador, a capacidade de improvisação da Joia faz com que vários zagueiros adversários abusem na marcação ao camisa 11 do Santos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"O Neymar é habilidoso, imprevisível. Por isso, é normal e compreensível que os marcadores fiquem sem saber o que ele irá fazer: ele pode sair tanto pela direita, quanto pela esquerda. É difícil segurar um atacante dessa qualidade", afirmou Fucile, sem criticar o comportamento dos adversários.

Leia mais: Muricy ignora possível revanche no Mundial e enaltece o Barcelona

Segundo o uruguaio, as faltas não são o melhor caminho para deter um atleta talentoso, como Neymar. Porém, Fucile sabe que muitos times se utilizam desse expediente e aconselhou o seu companheiro de equipe a tentar não se irritar com esse tipo de marcação.

Confira ainda: Para Arouca, Santos pode tirar proveito de marcação sobre Neymar

"O problema, no caso, é que não é fácil parar o Neymar na bola. Por isso, nós vemos ele levar tanta ‘porrada’. Isso é normal. É algo com o que o Neymar vai ter de conviver bastante", concluiu.

Só neste ano, Neymar teve participação na expulsão de defensores rivais em quatro partidas do Peixe: Ponte Preta (goleada na Arena Barueri), Juan Aurich (vitória em Chiclayo, no Peru), São Paulo (derrota, no Morumbi) e Bragantino (vitória, na Vila Belmiro).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.