Após semana tensa no Beira-Rio, triunfo sobre o América-MG facilita o trabalho do contestado treinador

A primeira vitória do Inter no Campeonato Brasileiro chegou. Após ter empatado com os reservas do Santos e perdido para o Ceará, em casa, os colorados superaram o América-MG , neste domingo. O resultado no Mato Grosso do Sul - com mando dos mineiros, mas com superioridade de torcedores vermelhos - agradou ao técnico Paulo Roberto Falcão .

Após receber muitas críticas, o treinador acredita que o resultado seja chave para a afirmação do trabalho iniciado há dois meses. "As oportunidades que criamos a bola entrou, talvez tenha sido essa a diferença (em relação ao jogo contra o Ceará). Foi um jogo que encoraja o que estamos fazendo, que é compactar time", explicou.

As respostas sucintas, atitude adotada desde a sexta-feira, voltaram a aparecer. Mesmo em poucas palavras, Falcão conseguiu externar sua satisfação com resultado, que coloca o Inter em décimo lugar no Brasileirão.

"Foi um bom jogo. Fizemos um excelente primeiro tempo. O time teve um coletivo muito bom. Podíamos ter feito mais gols em algumas escapadas que tivemos no segundo tempo", comentou.

Mesmo sem ser dono de uma posição no time, Oscar foi o destaque do confronto. Autor de dois gols, o meia deu velocidade e criatividade de um time que parecia estéril nos últimos confrontos. O jogador foi titular devido à ausência de Bolatti, convocado pela seleção argentina.

No seu primeiro gol, Oscar bateu forte, no rebote, Cavenaghi cruzou para ele marcar de cabeça. O arremate foi um fundamento treinado com intensidade durante a semana.

"Treinamos muito essa bola. Nesse lance tem que ter o pé de apoio perto, com o corpo em cima da bola. Foi muito bom porque ele treinou forte. Ele se conscientizou que precisava fazer. Me deixou muito feliz", declarou um didático Falcão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.