Goleiro completou 400 jogos pelo time mineiro, mas não conseguiu evitar derrota no Serra Dourada

A noite tinha tudo para ser especial para o goleiro Fábio , do Cruzeiro . O capitão cruzeirense chegou aos 400 jogos defendendo a meta celeste, mas o atacante Felipe, do Atlético-GO , estragou a festa do goleiro e marcou duas vezes no Serra Dourada . Para Fábio, o Cruzeiro não respeitou o time goianiense.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Fábio trabalhou muito na partida. Logo no primeiro lance da partida, levou sorte vendo a bola acertar a trave e voltar em suas mãos. Mas, no lance seguinte, Felipe entrou sozinho na área e marcou. Na segunda etapa, com o Cruzeiro procurando o empate, a defesa ficou desguarnecida e Fábio evitou o pior em algumas oportunidades. Mas parece que só Felipe sabia como vencer o goleiro e fez o segundo já nos acréscimos.

Indignado com a atuação do Cruzeiro, o goleiro acredita que o time mineiro subestimou o Atlético-GO. "Acho que a nossa atitude atrapalhou. Temos que ser profissional, e nossa postura tem que ser de profissional. Temos que correr, temos que marcar, e temos que respeitar o adversário. Não respeitamos, méritos para o Atlético-GO que conseguiu o resultado", disse o goleiro.

Ortigoza também tentou explicar o tropeço. “O professor (Joel Santana) colocou todos os atacantes que tinha no segundo tempo, mas não conseguimos marcar. Eles foram mais felizes nas finalizações e saíram com a vitória”, disse o atacante paraguaio.null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.