Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Domingos, vaga da Portuguesa é "vitória do futebol"

Zagueiro não gostou de atitude do São Bernardo, que queria "jogo de compadres" para evitar rebaixamento

Gazeta |

Pela primeira vez desde 1998, a Portuguesa está em uma fase decisiva do Campeonato Paulista. E a vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo que garantiu a vaga, segundo o capitão da equipe do Canindé, não deve ser comemorada somente por quem veste rubro-verde, mas por quem gosta do esporte.

"O futebol também venceu, não só a Portuguesa", disse o zagueiro Domingos, usando o fato de a equipe ter feito seu gol quando o 0 a 0 já era suficiente para ir às quartas de final do Estadual. O defensor não gostou de ouvir que o São Bernardo queria um acordo para que o 0 a 0 continuasse e o time do ABC não fosse rebaixado.

"Foi uma vitória justa, que mostrou que o esporte é limpo. Poderíamos ter conquistado a vaga com o empate, mas sempre entramos em campo para vencer, somos pagos para isso. Não tem preço você para casa, olhar nos olhos da sua filha e poder manter a cabeça erguida, sabendo que trabalhou honestamente", falou o defensor.

Como um dos líderes do elenco, o ex-santista faz questão de exaltar o feito da Portuguesa, que em 2009 e 2010, tanto no Paulistão quanto no Brasileirão, ficou em quinto lugar quando o objetivo era ficar entre os quatro primeiros. Com o fim da sina, a comemoração dominou o Canindé no domingo.

"Foi uma loucura. A torcida ficou em êxtase, assim como o time. Fomos para o alambrado, festejamos demais, nada pode pagar isso. Se houvesse algo combinado com eles, haveria toda essa festa?", indagou Domingos, ainda eufórico por poder enfrentar o São Paulo na próxima fase do Paulistão.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG