Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Berlusconi, "sonho" de ter C. Ronaldo pode virar realidade

Para dirigente, com um título italiano, o Milan ficará mais perto da contratação do atacante português

Gazeta |

Silvio Berlusconi, primeiro-ministro italiano e dono do Milan, afirmou que vê como boas as chances de sua equipe contar com o português Cristiano Ronaldo na próxima temporada. Tida como um sonho para imprensa local, torcida e o próprio dirigente milanista, a negociação passou a ser vista como bastante possível pelo proprietário milanista.

Cristiano Ronaldo, meia-atacante de 26 anos, custou ao Real Madrid em torno de 94 milhões de euros (a mais cara contratação da história do futebol), e chegou ao time merengue para o início da temporada 2009/2010. Na atual temporada ele já marcou 39 gols, dentre os campeonatos Espanhol, Copa do Rei e Copa dos Campeões - o que faz o presidente do Milan cogitar a contratação para reforçar seu elenco.

"Os sonhos são sempre permitidos, e às vezes se transformam em realidade. Caso ganharmos o Scudetto, o próximo período de contratações nos trará um ou dois campeões, considerando que algum jogador possa nos deixar - ainda que jogadores como Pirlo e Seedorf possam seguir muito bem", afirmou Berlusconi, em entrevista à emissora de TV Gold 7. 

"Eu espero que eles (Pirlo e Seedorf) sigam no Milan também no ano que vem, mas acho que se Ronaldo se juntasse ao nosso elenco seria positivo para nós", afirmou o mandatário do clube milanês, confirmando então a possibilidade de Seedorf de deixar o Milan no final da temporada.  

Berlusconi falou, ainda, sobre o bom desempenho dos seus principais atacantes, Alexandre Pato, Robinho e Ibrahimovic. O dirigente elogiou os brasileiros, e minimizou a nova suspensão ao atacante sueco, que ficará de fora por três partidas. 

"Pato está vivendo uma fase de grande forma, enquanto que Ibrahimovic está em uma fase negativa. Mas ele irá se recuperar logo. Robinho é um jogador que me agrada muito ver em campo, porque sabe colocar a defesa rival em dificuldade e pode marcar. Com a suspensão de Ibra, acho que o técnico vai colocá-lo em campo como segundo atacante", analisou.

Leia tudo sobre: cristiano ronaldofutebol mundialmilanitália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG