Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Alecsandro, Deivid 'enfeitou' muito no lance do gol perdido

Já técnico do Vasco achou que bola tinha entrado e não entendeu ao ver o atacante lamentando

Renan Rodrigues e Vicente Seda, iG Rio |

Lance capital na vitória de 2 a 1 do Vasco sobre o Flamengo, na última quarta-feira, o gol perdido pelo atacante Deivid foi o assunto principal nas entrevistas coletivas pós-jogo. Da análise do erro ao modo como cada atleta reagiu, todos comentaram o lance inacreditável, desperdiçado praticamente debaixo das traves do gol de Fernando Prass.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para o atacante Alecsandro, que marcou o primeiro gol vascaíno no clássico, Deivid perdeu o gol porque quis 'enfeitar' demais. O jogador também disse nunca ter perdido uma chance assim.

Leia mais: Para Joel Santana gol perdido por Deivid foi 'inacreditável'

"Respeito muito o Deivid, é um grande jogador. São coisas do futebol, acontecem. Acho que ele quis caprichar, enfeitar demais na hora de marcar. Estava tão perto que tocou na bola e já correu para comemorar e foi traído pela trave. Não me lembro de ter perdido um gol assim na minha carreira, mas como disse, acontece no futebol", declarou o artilheiro do estadual, com oito gols.

Já o técnico Cristóvão Borges nem viu a bola tocando a trave. Após Leonardo Moura ganhar a jogada contra Rodolfo e tocar para o meio da área, o comandante vascaíno, já com a certeza do gol sofrido, virou-se para o banco de reservas e ficou alguns segundos sem entender a reação da torcida.

Veja mais: Deivid perde gol incrível, Vasco vira sobre o Fla e faz a final

"Isso pode mudar uma partida sim. Assim como o Joel, também não vi. Quando a bola estava indo para o gol, tinha certeza de que entraria e virei para o banco. Não entendi nada depois. Foi um lance importante do jogo, uma infelicidade do Deivid. Mas o jogo em si foi mais que isso, foi de muita motivação, intensidade muito grande", declarou Cristóvão Borges.

Veja também: Apesar de invencibilidade, Cristóvão nega favoritismo na final

Após o gol perdido por Deivid, o Vasco conseguiu a virada no segundo tempo, com gol de Diego Souza. Agora, o time de São Januário espera o adversário de Botafogo e Fluminense, que fazem a outra semifinal nesta quinta-feira, às 21h, no Engenhão. A final da Taça Guanabara acontece no próximo domingo, às 16h, também no Engenhão.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e ajude ele a subir no ranking

Leia tudo sobre: VascoFlamengoCampeonato Carioca 2012Deivid

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG