Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Papa títulos, Luxemburgo comandará grupo em jejum no Grêmio

Espírito vencedor e estilo motivador são apostas no time que venceu apenas o Gauchão de 2010 e a Copa do Brasil de 2001

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Press
Kleber, autor de gol da vitória no Gre-Nal, trabalhou com novo chefe no Palmeiras
A ser apresentado na manhã desta quinta-feira, Vanderlei Luxemburgo foi contratado com uma missão clara no Grêmio : fazer o clube gaúcho retomar o caminho das grandes conquistas. O principal objetivo em um ano de transição do Olímpico para a Arena, que ficou sob desconfiança com os resultados irregulares do demitido Caio Júnior , é chegar à Libertadores do próximo ano com título da Copa do Brasil ou do Brasileirão. O treinador, porém, encontrará um grupo com perfil emergente. Bem ao contrário ao seu estabelecido em quase 30 anos de carreira.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Cinco conquistas do Brasileirão, uma da Copa do Brasil, 12 estaduais e outras duas com a seleção brasileira tornam o comandante de 59 anos num verdadeiro “papa títulos”. Apenas três entre os 32 jogadores têm taças nacionais brasileiras no currículo e só um como protagonista: Marquinhos, em 2010, na campanha vitoriosa do Santos na Copa do Brasil – Julio Cesar, no Fluminense do Brasileirão do mesmo ano, e André Lima, dois anos antes pelo São Paulo, completam a lista.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Então, o espírito vencedor e o estilo motivador do novo chefe são destacados pelos atletas. A começar por Kleber, jogador que trabalhou com Luxemburgo no Palmeiras em 2008.

“Faz bons trabalhos por onde passa. É vencedor e faz os jogadores serem também. Sem falar na motivação, algo que todo o treinador deve ter”, comparou o camisa 30.

Veja a classificação, os resultados e os próximos jogos do Campeonato Gaúcho

Marco Antonio, após o rápido contato na véspera do Gre-Nal, vencido pelo Grêmio resultando a eliminação do Inter no primeiro turno do Gauchão, foi outro quem destacou a personalidade do treinador:

“Ele tem ânsia por ser campeão. Isso é importante”.

A maioria dos jogadores do Grêmio tem títulos estaduais no currículo. Gilberto Silva, pentacampeão mundial com a seleção em 2002, Marco Antonio (Libertadores em 2005, com São Paulo) e Marcelo Moreno (Copa da Uefa em 2008/2009 pelo Shakhtar Donetsk) são outras exceções. Há ainda campeões nacionais por times do exterior e de divisões inferiores.

O último do Grêmio foi o Gauchão 2010. Nacional, a Copa do Brasil de 2001.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG