Tamanho do texto

Deola é irônico ao tratar da arbitragem de Paulo Cesar Oliveira. Kleber e Valdivia chamam corintianos de "mulambos" e "cornos"

A revolta dos jogadores do Palmeiras com a eliminação no Campeonato Paulista não ficou somente nas declarações pós-jogo. Derrotados pelo Corinthians por 6 a 5 nos pênaltis , após empate por 1 a 1 no tempo normal, os palmeirenses dispararam contra o árbitro Paulo Cesar de Oliveira e torcedores rivais no Twitter.

Reprodução
Kleber voltou sua raiva pela eliminação palmeirense à torcida do rival, mas depois apagou mensagem
“Parabéns para a FPF pela honestidade e imparcialidade demonstradas e representadas hoje pela figura do senhor Paulo César de Oliveira”, escreveu o goleiro Deola. A crítica se dá pelas expulsões do zagueiro Danilo e do técnico Luís Felipe Scolari ainda no primeiro tempo do clássico.

Já Kleber e Valdivia foram menos irônicos e mais diretos ao ofenderem os corintianos através da rede social. O atacante chama os torcedores rivais de “mulambos”, enquanto o meio-campista discutiu individualmente com algumas pessoas e utilizou ofensas como “corno” e “favela”.

“Aos torcedores do palmeiras que sofreram com a injustiça de hoje a tarde um muito obrigado pela força! E aos mulambos que Me seguem que nem eu sabia que tinha tanto fã mulambo! Comemorem mais uma vitoria roubada (sic)", postou Kleber. A segunda parte da mensagem foi apagada posteriormente.

“Vai dar a bunda seu merda (sic)”, disse Valdivia a um corintiano que o provocara. “troxa e vc De preocupa da tua namorada corno (sic)” e “e vcs tem libertadores? (sic)”, foram as respostas do atleta a outros.

Chute no vácuo e lesão
Valdivia deixou o gramado do Pacaembu ainda no primeiro tempo depois de sentir uma fisgada na parte anterior da coxa esquerda ao aplicar o seu famoso “chute no vácuo”. Em seu Twitter oficial, ele lamentou a lesão e se colocou como dúvida para o jogo de quinta-feira contra o Coritiba, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

“Senti muita dor... Não dava nem pra tentar. Não sei se na quinta da para jogar”, postou Valdivia. “A dor é muito grande. Queria muito jogar o clássico e a perna me falhou”.

Palmeirense Valdivia discutiu individualmente com alguns corintianos após derrota de domingo
Reprodução
Palmeirense Valdivia discutiu individualmente com alguns corintianos após derrota de domingo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.