Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeirenses elogiam torcida e falam em vitória para autoestima

Kleber, Felipão e Marcos, ídolos do clube, exaltam força da arquibancada e acreditam em bom Brasileirão

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A vitória por 2 a 0 do Palmeiras em cima do Coritiba não foi suficiente para a classificação para a Copa do Brasil, mas já garantiu uma certa tranquilidade para que o trabalho na Academia de Futebol seja tocado livre de uma crise maior para o Brasileirão. Essa é a análise de três jogadores que são referências no elenco.

Logo após o jogo, ainda na saída de campo, Kleber afirmou que o triunfo no Pacaembu serve de consolo para o time acreditar que o trabalho de 2011 não pode ser completamente jogado no lixo.

“Não tem como falar que saiu fortalecido depois de uma eliminação, mas é completamente diferente o ambiente. Sem dúvida, a vitória resgata a autoestima. Nós quebramos a invencibilidade deles neste ano. Não tivemos sorte na Copa do Brasil, mas o time sai um pouco mais fortalecido por mostrar alma e futebol aqui no jogo”, disse o atacante.

Felipão também elogiou o valor da vitória. Ele lamenta o fato de não poder avançar na Copa do Brasil e parar mais uma vez em uma fase próxima da final, mas disse que o importante é poder acreditar que em 2011 o trabalho poderá dar certo.

“Claro que algum valor essa nossa vitória tem. O 2 a 0 tem valor porque a equipe mostrou o mesmo espírito, mesmo futebol e dedicação de outros 21, 22 jogos anteriores. Nesse aspecto foi bom a vitória. Quebrar o tabu ou não, tá bom, tá ótimo, mas o que importa é que acabamos eliminados. O vitorioso na soma geral foi o Coritiba, mas é importante que a equipe tenha demonstrado que assimilou o desastre e buscou alternativas”, completou o treinador.

Seguindo a mesma linha de Kleber e Felipão, Marcos também afirmou que acredita no potencial do seu grupo para chegar em uma boa colocação no Brasileiro que começa no próximo dia 22 de maio diante do Botafogo.

“O Palmeiras era favorito no Paulista e na Copa do Brasil e perdeu tudo e aí já não pode falar que não presta. O Brasileirão é de pontos corridos e sabemos que no mata-mata tudo pode acontecer. Acabamos eliminados, mas podemos ir bem, sem contar que tivemos dois desfalques na fase final dos campeonatos”, finalizou o camisa 12.
 

Leia tudo sobre: palmeirasmarcoskleberfelipãocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG