Mesmo após longa novela, o time ainda insiste em tentar trazer o argentino e se aproxima de investidores

O Palmeiras intensificou as conversas para encerrar a novela e definir a contratação do Alejandro Martinuccio, do Peñarol, do Uruguai. A equipe de Palestra Itália se apega a um pré-contrato assinado com o atleta desde o mês passado e principalmente com a proximidade em relação aos investidores detentores dos direitos federativos do meia-atacante.

Aliás, desde o domingo, como a reportagem antecipou, o Peñarol observa com preocupação o sumiço de Martinuccio. O jogador saiu de férias para Argentina e não deu mais notícias aos dirigentes uruguaios, que preferem negociá-lo com o futebol europeu.

Martinuccio foi vice-campeão da Libertadores
Samir Carvalho
Martinuccio foi vice-campeão da Libertadores
Por fim, o Palmeiras não considera o fim janela internacional (dia 15 de julho) um problema. Afinal, a ideia é aproveitar o encerramento do contrato do jogador com o Peñarol para o anúncio - desta forma, não seria consolidada uma transferência.

Por enquanto, a diretoria palmeirense mantém o mesmo discurso dos últimos dias, apesar de confirmar que a negociação esquentou novamente. "Quando chegar, a torre vai anunciar", brincou nesta segunda-feira o diretor de futebol Roberto Frizzo.

Além de Martinuccio, o Palmeiras aumentou a confiança para contratar o zagueiro Henrique, do Barcelona, da Espanha. Os últimos encontros entre os dirigentes alviverdes e o procurador do atleta, Marcos Malaquias, deixaram um acordo mais próximo. O Verdão precisa responder a última proposta feita pelo defensor, no fim da semana passada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.