Durante a temporada 2010, Jobson cumpriu uma suspensão de seis meses por uso de cocaína

A diretoria do Palmeiras está convencida de que Jobson tem qualidade para vestir a camisa do clube na temporada 2011. Afinal, trata-se de um atleta com um grande potencial: veloz e agudo. Contudo, o comportamento instável do atacante é o grande obstáculo para uma negociação.

Em entrevista à "Rádio Globo", o diretor de futebol Wlademir Pescarmona destaca que o Palmeiras necessita de uma segurança para pensar em definir um acerto com Jobson. Após os fracassos deste ano, a equipe paulista não quer se arriscar em aventuras.

"O Jobson é um bom nome, mas tem o problema do comportamento fora de campo. Se o Luiz Felipe achar que segura fora, tudo bem", destacou o dirigente.

Durante a temporada 2010, Jobson cumpriu uma suspensão de seis meses por uso de cocaína. Na volta aos gramados, ele mostrou novamente um bom futebol no Botafogo, contudo continuou trazendo problemas fora de campo.

"Ele é um risco, uma pessoa que precisa de ajuda, sei lá, vamos ver. De repente, a gente consegue conversar", emendou Wlademir Pescarmona.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.