Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras quer provar vida nova sendo ao menos 2º no Paulistão

Base eliminada na semifinal da Copa Sul-Americana, pelo Goiás, vive nova fase e expectativa no Estadual

Gazeta |

Com poucas mudanças, o Palmeiras que foi eliminado em novembro, no Pacaembu, na semifinal da Copa Sul-Americana, por um Goiás já rebaixado no Brasileirão hoje lidera o Paulistão. A turbulência política das eleições presidenciais acabou. E o time já põe como objetivo ir além dos quatro primeiros colocados para ser mandante no mata-mata do Estadual.

"Temos como meta ficar em primeiro ou segundo lugar. Se fizermos o trabalho bem feito como estamos fazendo, conseguiremos isso", previu Tinga, que já assume até certo favoritismo. "Pelo que vem fazendo, o Palmeiras torna-se favorito. Mas temos que continuar jogando de degrau em degrau", alertou.

A confiança é a principal conquista de Luiz Felipe Scolari neste ano. O treinador sempre frisa que chegou ao clube em julho para passar seus primeiros seis meses avaliando a situação palmeirense. Agora, comanda o time com a melhor defesa do Paulistão (três gols sofridos em oito jogos) e o quarto melhor ataque (12 gols).

"O professor colocou que a marcação tem que começar no ataque e a zaga está bem composta. Todos estão comprometidos, ajudando. No que está ganhando, não se mexe. Tomara que continuemos assim e vencendo os jogos até o final do ano", comentou Tinga, aliviado pela nova fase.

"O time, graças a Deus, começou bem o ano. As coisas ruins devem ser deixadas para trás. Em 2011 é tudo novo e graças aos companheiros, à comissão técnica e a torcida, que tem nos apoiado tanto", falou o meio-campista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG