Adalberto Román, considerado um dos culpados pela queda do River Plate, está próximo de acerto, diz jornal

Adalberto Román (à direita), durante jogo do River contra o Lanús
Getty Images
Adalberto Román (à direita), durante jogo do River contra o Lanús
O Palmeiras deve anunciar em breve a oficialização do acerto com o paraguaio Adalberto Román, zagueiro responsabilizado pela torcida do River Plate pelo rebaixamento para a segunda divisão argentina. A contratação está por detalhes - o atleta de 24 anos já concordou com o que foi oferecido.

Veja também: Palmeiras confirma amistoso contra o Ajax em janeiro

A negociação de Román com o Palmeiras foi divulgada pelo jornal Olé , da Argentina, que informou o acerto por US$ 3 milhões (aproximadamente R$ 5,5 milhões), oferta que fez o clube paulista superar Barcelona, do Equador, Olímpia, do Paraguai, e Argentinos Juniors, da Argentina, na negociação.

Os dirigentes palmeirenses ainda não confirmam o acerto, mas Román é um dos frutos da viagem do gerente de futebol César Sampaio à Argentina. E atende um dos pedidos de Luiz Felipe Scolari, que não poderá contar com Thiago Heleno no início de 2012 por conta de lesão e clamava pela contratação de um zagueiro.

Leia ainda: Cicinho diz esperar por bom projeto do Palmeiras em 2012

Formado no Libertad, do Paraguai, Adalberto Román acabou crucificado pela torcida do River por ter cometido pênalti contra o Belgrano no mata-mata que definiu o rebaixamento do clube de Buenos Aires pela primeira vez em sua história. Desde então, quase não foi utilizado durante a segunda divisão.

Sua chegada ao Palmeiras é tratada com deboche. Ao iniciar a notícia em que informa a proximidade do acerto entre o atleta e a equipe brasileira, o Olé lembra de boatos envolvendo a vontade dos paulistas em contratar Román Riquelme, astro e ídolo do Boca Juniors.

"Há um mês, o Palmeiras sonhava com o Román do Boca. Hoje, se conforma com a contratação do Román do River", escreveu o diário argentino.

Entre para a Torcida Virtual do Palmeiras e comente a possível contratação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.