Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras perde pênalti nos acréscimos e empata com Cruzeiro

Marcos Assunção desperdiçou penalidade no segundo tempo e partida terminou 1 a 1 no Pacaembu

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Palmeiras e Cruzeiro guardaram o melhor para o segundo tempo nesse domingo no Pacaembu. Depois de um primeiro tempo fraco tecnicamente, os dois times partiram para o ataque e conseguiram seus gols no empate de 1 a 1. Luan anotou para os paulistas, enquanto Montillo descontou para os mineiros. Marcos Assunção ainda perdeu penalidade já nos acréscimos do segundo tempo.

Siga o iG Palmeiras e o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O resultado acabou não sendo bom para nenhum dos times. O Palmeiras não conseguiu se aproximar dos líderes do Brasileirão, enquanto o Cruzeiro permanece em posição intermediária na tabela. A partida marcou as estreias do técnico Emerson Ávila e do atacante Keirrison, que reencontrou a equipe pela qual jogou antes de ser vendido para o Barcelona.

null

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

No final da partida, o volante Marcos Assunção assumiu a responsabilidade pelo empate, já que perdeu o pênalti que poderia dar a vitória aos palmeirenses. "A culpa é minha ,errei um pênalti na hora que deveria fazer. Poderíamos ter vencido a partida", resumiu o jogador do Palmeiras.

Entre para a torcida virtual e convide os seus amigos

O primeiro tempo no Pacaembu esteve longe de ser empolgante. Os dois times criaram poucas chances de gol, respeitando demais o adversário.

Márcio Araújo buscou o ângulo do goleiro Rafael e errou por pouco, levando perigo. O Palmeiras chegou a balançar as redes em belo chute de Fernandão, mas o gol foi anulado por conta de um impedimento na jogada.

Uma das poucas jogadas de ataque do Cruzeiro saiu dos pés do argentino Montillo. Depois de boa trama pela direita, o argentino cruzou para Anselmo Ramon, que errou o alvo por pouco. Leandro Vuaden encerrou a primeira etapa sem que ninguém conseguisse abrir o placar. “O time deles está muito fechado, saindo nos contra-ataques. Vamos ter paciência para fazer o gol no segundo tempo”, afirmou o volante Márcio Araújo.

Já no segundo tempo, Marcos Assunção arriscou de fora da área e Rafael não conseguiu segurar, mas a defesa afastou o perigo. A pressão palmeirense aumentou, e Luan só não marcou pois a defesa novamente salvou, desviando chute de dentro da área. O centroavante Fernandão obrigou Rafael a fazer bela defesa em uma cabeçada.

Percebendo que sua equipe estava acuada, o técnico Emerson Ávila promoveu a entrada de Keirrison no lugar de Roger. O jogo ficou mais aberto, com os paulistas mais presentes no ataque e os mineiros saindo nos contra-golpes. Montillo lançou Anselmo Ramon, que perdeu um gol feito na cara do goleiro Marcos.

Mas se Anselmo Ramon perdeu gol claro, Luan não perdoou. Depois de bela tabela com Fernandão, o atacante palmeirense precisou chutar duas vezes para fazer o primeiro.

Emerson Ávila promoveu a entrada do atacante Bobô e, em seu primeiro ataque, cruzou para Montillo. O argentino mostrou todo seu talento e bateu cruzado para bater Marcos. Já nos acréscimos, o Palmeiras teve grande chance para desempatar novamente. Marcos Assunção desperdiçou cobrança de penalidade, com Rafael fazendo bela defesa e segurando o empate.

FICHA TÉCNICA- PALMEIRAS 1X1 CRUZEIRO
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 4 de setembro de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Kleber Lucio Gil (SC)
Renda: R$313.327,00
Público:
10.345 pagantes
Cartões amarelos: Gabriel Silva e Maurício Ramos (PAL), Gabriel Araújo, Montillo e Marquinhos Paraná (CRU)

Gols:

Palmeiras: Luan, aos 23 minutos do segundo tempo

Cruzeiro: Montillo, aos 40 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Maurício Ramos e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik (Tinga); Luan, Vinícius (João Vítor) e Fernandão (Ricardo Bueno)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CRUZEIRO: Rafael, Marquinhos Paraná, Naldo, Leo e Gabriel Araújo (Sebá); Leandro Guerreiro, Charles, Gilberto e Roger (Keirrison); Montillo e Anselmo Ramon (Bobô)
Técnico: Emerson Ávila

 

Leia tudo sobre: PalmeirasCruzeiroBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG