Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras não aceita ganhar menos que Corinthians e Fla com TV

Presidente do clube afirma ao iG que só assinará contrato com a Globo se ficar no 1º escalão

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O Palmeiras não aceitará ser rebaixado para o 2º escalão dos direitos de imagem do Campeonato Brasileiro. A afirmação foi dada ao iG pelo presidente do clube, Arnaldo Tirone, que disse que só negociará com qualquer emissora se o valor apresentado for igual ao que será pago para o Flamengo e para o Corinthians. Na quarta-feira, o Grêmio anunciou acerto com a Globo e revelou que a empresa vai alterar a divisão vigente no valor pago as equipes. Atualmente, o Palmeiras, assim como Vasco e São Paulo, recebe o mesmo que Flamengo e Corinthians

 “Vi (na imprensa) essa divisão colocando o Palmeiras em um segundo grupo, mas a Globo não me passou isso. A gente não vai aceitar um valor menor do que Flamengo e Corinthians. Já conversei com eles e expliquei que essa é uma condição minha: ser reconhecido como Flamengo e Corinthians", disse o presidente ao iG.

De acordo com o presidente do Grêmio, Paulo Odone, a Rede Globo deixou apenas Corinthians e Flamengo no 1º escalão e colocou Palmeiras, Vasco e Santos no 2º grupo. O São Paulo entraria nesse mesmo nível caso abandonasse o Clube dos 13. Cruzeiro, Grêmio, Fluminense e Botafogo estariam no grupo que receberia a menor verba. Inter e Atlético-MG, se deixassem o C13, também fariam parte dessa lista.

Além disso, Odone afirmou que 11 clubes já estão fechados com a Globo, sem revelar o nome de todos. Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Palmeiras, Santos, Corinthians, Portuguesa, Cruzeiro, Grêmio e Coritiba seriam esses, de acordo com a apuração do iG na última quarta-feira. Tirone, no entanto, afirma que ainda não assinou nada com nenhuma emissora.

O Palmeiras já anunciou, entretanto, que pretende negociar sem o Clube dos 13. A concorrência da entidade foi vencida pela Rede TV!,única empresa a apresentar proposta. A emissora pagará R$ 516 milhões por ano, mais de R$ 1,5 bilhão pelo triênio 2012, 2013 e 2014. O contrato só terá validade, caso os 20 filiados do C13 aceitem o acordo.

“A gente não fechou com ninguém. Enquanto eu não assinar nada com a Globo, posso negociar com outras emissoras. Tudo depende da proposta. Nossa meta é ter o Palmeiras valorizado igual ao Flamengo e ao Corinthians”, afirmou Tirone.

Leia tudo sobre: palmeirasflamengocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG