Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras goleia Avaí, ocupa 2ª colocação e Luan vira artilheiro

Com dois gols e assistência, atacante cala críticos e vira destaque no jogo que terminou em 5 a 0

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

nullAs críticas e discussões com a torcida organizada não abalaram Luan . Pelo contrário. O atacante calou os que eram contra seu futebol, foi destaque da vitória do Palmeiras por 5 a 0 contra o Avaí com dois gols e uma assistência e agora é o artilheiro do Campeonato Brasileiro. O triunfo deu, ainda, a vice-liderança ao time do Palestra Itália, que chegou aos 11 pontos, quatro a menos que o líder São Paulo . Já o Avaí continua na lanterna, com apenas um ponto em cinco partidas.

No jogo deste domingo, o Palmeiras enfrentou exatos 18 minutos de dificuldade. O time catarinense tentou congestionar o meio campo e conseguiu segurar a equipe de Luiz Felipe Scolari até a 2ª batida de escanteio. Marcos Assunção fez boa cobrança, contou com desvio de Thiago Heleno e a bola acabou dentro do gol de Aleks após dividida de Lincoln e George Lucas. Quatro minutos depois, Cicinho fez ótima jogada e achou Luan, que aumentou a vantagem após desvio sozinho no 2º pau.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Aos 40 minutos, foi a vez de Luan voltar a brilhar novamente. Ele fez linda jogada pela esquerda e chutou fraco, mas o suficiente para ultrapassar o goleiro Aleks. Poucos minutos depois, quem deixou o nome marcado na súmula foi Kleber, que fez um golaço, colocando a bola no ângulo esquerdo do adversário após passe de Luan.

Aos 26 minutos do 2º tempo, o estádio parou pedindo Marcos na cobrança de um pênalti sofrido por Lincoln. Mas não adiantou. Felipão e o próprio goleiro disseram não. Kleber ficou com a responsabilidade e finalizou o rival com o 5º gol.

Na etapa final, o time de Luiz Felipe Scolari controlou a vantagem, jogava apenas no contra-ataque e deixou a grande torcida presente no Canindé satisfeita. Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Ceará em Fortaleza, no domingo, às 16h. Já o Avaí segue sua luta para sair da parte de baixo da tabela e enfrenta o Fluminense em casa no mesmo dia e horário.

O jogo

O Palmeiras começou enfrentando dificuldades para armar jogadas, especialmente pelo meio campo. Lincoln não mostrava muita qualidade e o Avaí cometia faltas nas tentativas de Cicinho pela direita. Por isso, a boa alternativa passou a ser nas bolas paradas. Foi de lá que o time de Luiz Felipe Scolari abriu o placar.

Aos 18 minutos, Marcos Assunção cobrou escanteio no 1º pau, contou com desvio de leve de Thiago Heleno e viu Lincoln brigar com George Lucas pela posse. Na dividida, a bola acabou dentro do gol de Aleks. Quatro minutos depois, Cicinho fez excelente jogada pela direita, tocou para dentro da área e achou Luan sozinho novamente no 2º pau. Ele só empurrou e ampliou o placar.

Com a vantagem, o Palmeiras passou a administrar a vantagem e não se arriscar de forma desnecessária. A chance do 3º gol veio novamente dos pés de Marcos Assunção. O jogador bateu falta forte pela direita e parou no desvio de Aleks. Lincoln desperdiçou outra oportunidade após belíssimo passe de Luan, que provou minutos depois que era a sua tarde.

Ele fez jogada pela esquerda e nem precisou de muita força para ampliar o placar com seu segundo gol na partida. Depois, Luan ainda daria o passe que resultou no golaço de Kleber. O camisa 30 dominou na entrada da área, olhou para Aleks e colocou no ângulo do goleiro rival.

No 2º tempo, Gallo tentou mudar a situação de jogo com duas substituições. Estrada e Fábio Santos entraram nos lugares de George Lucas e Robinho. Não adiantou muita coisa. O Avaí até chegou a acertar a trave, mas o Palmeiras era melhor.

Aos 10 minutos, Luan fez mais uma ótima jogada pela esquerda, achou Wellington Paulista sozinho na entrada do gol. O camisa 9 tropeçou e perdeu gol feito. Alguns minutos depois, ele acabou substituído por Chico, que passou a reforçar a marcação no meio campo apenas para esperar o tempo passar sem maiores sustos.

Aos 26 minutos da etapa final, Kleber ampliou para o Palmeiras em cobrança de pênalti, que no fim ficou marcada pela recusa de Marcos em bater. O camisa 12 sempre manifestou vontade de marcar um gol, mas dessa vez achou que seria humilhação fazer isso. A torcida e os jogadores pediram bastante pela subida do ídolo máximo do time, mas ele relutou e teve apoio de Felipão.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 5 X 0 AVAÍ

Data: 19 de junho de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Renda: R$ 319.419,00
Público: 12.138 pagantes
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa/RS) e Marcelo Barison (RS)
Cartões amarelos: Julinho, Bruno, Acleisson e Marcinho Guerreiro (AVA) Wellington Paulista e Luan (PAL)

GOLS:
PALMEIRAS
: Lincoln, aos 18 minutos do 1º tempo, Luan, aos 22 e aos 40 minutos do 1º tempo, Kleber, aos 42 minutos do 1º tempo e 26 minutos do 2º tempo

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Lincoln (Patrik) e Luan; Wellington Paulista (Chico) e Kleber (Dinei).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

AVAÍ: Aleks; George Lucas (Estrada), Cássio, Bruno e Julinho (Romano); Acleisson, Marcinho Guerreiro e Marquinhos Gabriel; Pedro Ken, William e Robinho (Fábio Santos).
Técnico: Alexandre Gallo

Leia tudo sobre: palmeirasavaíbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG