Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras foca Cruzeiro e adota "cartilha" dos pontos corridos

Jogadores falam em decisão neste domingo, em jogo válido pela segunda rodada, e dizem que só o que vale é somar os três pontos

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

AE
O zagueiro Thiago Heleno sabe que cada jogo é decisivo nos pontos corridos
Preparando-se apenas para a segunda rodada do Brasileirão, o Palmeiras já trata o duelo deste domingo contra o Cruzeiro como decisão. Pelo fato de jogar em casa e também de enfrentar um dos candidatos ao título, o time prega atenção máxima à partida em Sete Lagoas. Além disso, os jogadores tentam assimilar a cartilha dos pontos corridos, onde todos os jogos têm, pelo menos matematicamente, o mesmo valor.

Para que a segunda vitória venha após o triunfo em São José do Rio Preto contra o Botafogo , o zagueiro  Thiago Heleno tenta esquecer suas raízes no time mineiro para seguir firme no topo da tabela.

“Fico feliz de reencontrar o clube que eu nasci, onde eu tenho histórias e amigos. Mas agora vivo no Palmeiras. Eu sei a dificuldade que é enfrentar o Cruzeiro, que apesar da derrota, vinha em uma sequência boa. Agora é jogar igual estávamos jogando antes, sempre espertos e mostrarmos que temos condições de chegar lá, fazer um belo resultado”, disse o zagueiro, que afirmou que comemoraria um gol se balançasse a rede do seu ex-clube.

Thiago Heleno também destaca a importância de vencer um time que briga pelos mesmos objetivos que o Palmeiras. Ele mostra que já entende a lógica do campeonato de pontos corridos e pede uma vitória no domingo fora de casa.

“Eu tenho que ter motivação em todos jogos, mas esse jogo é mesmo especial. É importante vencer, principalmente fora de casa e contra um time que sempre busca título e uma vaga na Libertadores”, completou.

No fim de semana, os jogadores do Palmeiras já haviam mostrado que as preleções de Felipão devem pedir valorização de todos os jogos. Marcos , por exemplo, evocou Muricy Ramalho para dizer que o mais importante é vencer, independente de jogar feio ou jogar bonito.

O Palmeiras tem três pontos e está empatado com outras nove equipes que também venceram na estreia . O adversário deste domingo não é derrotado desde 2009, quando time paulista venceu as duas no Brasileirão em que quase sagrou-se campeão. No ano passado, a traumática derrota por 3 a 2 de virada no Pacaembu e um revés nas últimas rodadas com o time reserva fora de casa marcaram a temporada. 

Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2011thiago heleno

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG