Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras entra em campo para exorcizar fantasma e manter embalo

Derrota para o São Caetano em casa no Paulistão do ano passado mexeu com toda a temporada palmeirense

Gazeta Esportiva |

No retrospecto diante do São Caetano, o Palmeiras leva vantagem tanto em confrontos gerais (14 vitórias, contra oito derrotas e três empates) quanto só no Paulistão (seis triunfos contra três derrotas). O último encontro com o adversário das 16h (de Brasília) deste domingo, porém, acabou definindo toda a temporada do clube em 2010.

No Campeonato Paulista de 2010, o time do ABC goleou por 4 a 1 no Palestra Itália, gerou a demissão de Muricy Ramalho e Antonio Carlos Zago, então no São Caetano, foi contratado pelo Verdão. Como o ex-zagueiro também não convenceu, Luiz Felipe Scolari foi contratado para montar uma equipe que já estava perdida no Brasileirão.

Evitar uma nova surpresa do adversário é a principal ordem dos palmeirenses que entrarão em campo neste domingo no Estádio Anacleto Campanella. "Sabemos que os últimos jogos contra o São Caetano foram tremendamente negativos para nós", comentou Felipão.

Uma derrota causaria uma queda brusca na equipe que começou a 14ª rodada do Estadual dividindo a liderança do Paulistão com São Paulo, Corinthians e Santos e ganhou ainda mais confiança com a vitória por 4 a 0 sobre Uberaba, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, superando um campo cheio de poças eleito por alguns do elenco "o pior já encontrado na carreira".

A escalação que goleou no interior mineiro, entretanto, sofrerá mudanças. Como não deve encontrar um gramado tão pesado, o Verdão terá novamente Cicinho na lateral direita e Gabriel Silva na esquerda, com Márcio Araújo reassumindo seu posto no meio-campo na proteção à zaga e Adriano Michael Jackson no ataque.

Gazeta Press
Atacante Kleber estará entre os titulares do Palmeiras diante do São Caetano
O principal desfalque será Valdivia, mais uma vez vetado por dores musculares na coxa esquerda. E é na vaga do Mago o segredo de Scolari para definir a estratégia da equipe. O mais provável é que Luan, autor de dois gols em Uberaba e com atuação bastante elogiada, entre em campo para formar um trio de atacantes com Kleber e Michael Jackson. Existe também a possibilidade de Tinga começar o jogo.

Do outro lado, o São Caetano tem poucas dúvidas. O técnico Ademir Fonseca contará novamente com o lateral esquerdo Bruno Recife e o volante Ricardo Conceição, que já cumpriram suspensão, e não deve inovar na equipe que ainda sonha com a classificação para as quartas de final do Paulistão.

A única ordem é esquecer o último embate com o Palmeiras, já que apenas o goleiro Luiz, o lateral direito Artur, o zagueiro Anderson Marques e o lateral esquerdo Bruno Recife estiveram naquela goleada e continuam no elenco.

"O Palmeiras tem grandes jogadores e só com muita superação poderemos conquistar um bom resultado. É uma partida decisiva, que vai definir nosso futuro na competição. Os três pontos podem embalar nosso time. E os jogadores sabem disso. Confio neles", apostou o treinador do São Caetano.

FICHA TÉCNICA
SÃO CAETANO X PALMEIRAS

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Data: 20 de março de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira e Carlos Alberto Funari (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Aurélio Sant`anna Martins e Philippe Lombard (ambos de SP)

SÃO CAETANO: Luiz; Artur, Jean Rolt, Anderson Marques e Bruno Recife; Ricardo Conceição, Erandir, Augusto Recife e Aílton; Eduardo e Antônio Flávio
Técnico: Ademir Fonseca

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik; Luan (Tinga), Kleber e Adriano Michael Jackson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Leia tudo sobre: PalmeirasCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG