Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras encara o Mirassol confiando na estrela de Felipão

Especialista em disputas sob a fórmula do mata-mata, técnico gaúcho transmite confiança aos jogadores

Gazeta |

Pela tradição e o melhor nível do elenco, o Palmeiras é o natural favorito para vencer o Mirassol e assegurar a vaga nas semifinais do Campeonato Paulista. Não há dúvidas. Mas o estilo copeiro do técnico Luiz Felipe Scolari é uma inspiração extra no Palestra Itália neste domingo, às 18h30, no estádio do Pacaembu, para a equipe da capital paulista superar o adversário do interior, que mostrou bom futebol durante o Estadual.

Quem se classificar enfrenta o Corinthians na semifinal. O time alvinegro se classificou ao bater o Oeste, neste sábado, também no Pacaembu.

"Quando chega essa fase decisiva dos campeonatos, há uma forma diferente de trabalho. Agora, você não pode analisar o empate como um bom resultado, como seria em um torneio de pontos corridos. É um clima de decisão e gosto de trabalhar assim", diz Felipão.

No entanto, o técnico gaúcho alerta que a maior responsabilidade na conquista das vitórias pertence aos atletas. "Eu apenas faço o meu trabalho durante a semana e espero os resultados. Mas não ganho sozinho porque não chuto a bola", despista.

O Palmeiras entra em campo neste domingo embalado pela classificação às quartas de final da Copa do Brasil diante do Santo André. Em contrapartida, o cauteloso Felipão demonstra preocupação pela instabilidade apresentada pelo time na última apresentação.

"Tivemos 25 minutos horríveis contra o Santo André em que estávamos nervosos e preocupados com o árbitro. Essas partidas são muito equilibradas, com uma ou duas chances. Precisa aproveitar para deslanchar", receita o técnico.

Na escalação, o Palmeiras deve manter a base ofensiva do jogo contra o Santo André, com Luan e Kleber no ataque, já que Wellington Paulista nem sequer pode ficar no banco no Campeonato Paulista. Uma alteração deve ocorrer na lateral direita, pois Cicinho está contundido. João Vitor é a opção para o setor. Na zaga, Thiago Heleno ainda é dúvida. No gol, Marcos volta a ser relacionado.

Outra expectativa fica por conta do meia Valdivia, que foi alvo de críticas do zagueiro Anderson, do Santo André, por supostamente desrespeitar os adversários. O chileno afirmou que seguirá utilizando seus recursos técnicos.

Do lado do Mirassol, o técnico Ivan Baitello também ganhou um desfalque preocupante. Um dos destaques da equipe na temporada, o zagueiro Gustavo Bastos - cotado, inclusive, para jogar no Palmeiras - acabou vetado pelo departamento médico. Daniel Marques será o substituto.

Visto como zebra, o Mirassol pretende entrar em campo sem responsabilidade, mas disposto a aprontar diante do Palmeiras no Pacaembu. "Nossa ideia é jogar como um franco atirador", define Ivan Baitello.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS x MIRASSOL

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 24 de abril de 2011, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
Assistentes: Herman Brumel Vani e Bruno Salgado Rizo - Assistentes adicionais: Flavio Rodrigues de Souza e Vinícius Furlan

PALMEIRAS: Deola (Marcos); Cicinho (João Vitor), Danilo, Thiago Heleno (Leandro Amaro) e Rivaldo; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga e Valdivia; Luan e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Mirassol: Fernando Leal; Luiz Henrique, Daniel Marques e Dézinho; Samuel, Magal, Jairo, Esley, Xuxa e Diego; Wellington Amorim
Técnico: Ivan Baitello.
 

Leia tudo sobre: PalmeirasCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG