Em caso de vitória neste sábado, o clube do Palestra Itália vai dormir na ponta da tabela de classificação do Paulistão

Sem Maikon Leite, Barcos vai formar dupla de ataque com Ricardo Bueno
AE
Sem Maikon Leite, Barcos vai formar dupla de ataque com Ricardo Bueno
Depois de viagens para Ribeirão Preto e Maceió nesta semana, o Palmeiras retorna à capital paulista para buscar a liderança do Campeonato Paulista. Apesar do cansaço pela sequência de jogos, o time do técnico Luiz Felipe Scolari promete manter a concentração no confronto diante da Ponte Preta, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), no Pacaembu.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A atual série de partidas é considerada fundamental para o time embalar nas duas competições em que está, já que, depois de duelar com a Macaca, o clube do Palestra Itália voltará a jogar pela Copa do Brasil, diante do Coruripe, e terá em seguida o clássico contra o Corinthians.

Leia mais: Ex-goleiro Marcos receberá homenagem de Dilma Rousseff

"Teremos jogos importantes pela frente e vamos manter a pegada para vencer essas partidas. Agora, vamos pensar no Paulistão, mas estou pronto para a maratona, até porque quero ser campeão pelo Palmeiras e somente com este pensamento alcançaremos o objetivo", afirmou o zagueiro Leandro Amaro.

O Palmeiras tem 29 pontos no estadual, um a menos que o Corinthians. Assim, a ideia é vencer a Ponte Preta para assumir a liderança na noite de sábado, já que o rival só entra em campo no domingo, contra o Comercial.

Veja também: Sonnen mantém imagem de palmeirense e pede eleições diretas

"Contra a Ponte, será outra batalha. Eles estão na briga pela classificação e sempre proporcionam jogos difíceis. O nosso empenho precisa ser redobrado", avaliou o goleiro Deola.

O desfalque na frente será o atacante , suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Felipão manifestou a intenção de colocar Ricardo Bueno na vaga. O meia Valdivia volta a ficar à disposição e disputa posição com Daniel Carvalho.

O lateral direito Cicinho está fora em função de amigdalite e, assim, Artur será mantido. Já na zaga, Felipão opta por poupar Henrique, deixando a briga entre Román e Maurício Ramos.

E mais: Palmeiras prorroga contrato e aumenta salário de Patrik

Enquanto o Palmeiras defende uma invencibilidade na temporada, a Ponte Preta chega embalada por três vitórias consecutivas e disposta a tentar surpreender o rival para se firmar na zona de classificação.

"A expectativa é de vitória. Estamos vindo de uma sequência de bons resultados e temos de procurar sair de lá vencedores. Não adianta ir para São Paulo e querer o empate. Precisamos conquistar a vitória", afirmou o meia Renato Cajá.

O técnico Gilson Kleina tem um desfalque para escalar a equipe, pois Caio não se recuperou de dores musculares. Assim, Agenor e Pimpão disputam a vaga na linha de frente.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X PONTE PRETA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 17 de março de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marco Antônio Gonzaga da Silva e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

PALMEIRAS: Deola; Artur, Leandro Amaro, Román (Maurício Ramos) e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor e Daniel Carvalho (Valdivia); Ricardo Bueno e Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari

PONTE PRETA: Lauro; Guilherme, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; João Paulo, Gerson, Enrico e Renato Cajá; Pimpão (Agenor) e Roger
Técnico: Gilson Kleina

Entre para a torcida virtual do Palmeiras:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.