Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras e Goiás fazem jogo da salvação para decidir quem vai à final da Sul-Americana

Equipe paulista tenta apagar decepções acumuladas neste início de século 21, e goianos jogam todas as fichas no torneio continental após o rebaixamento no Brasileirão

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859636555&_c_=MiGComponente_C

O Palmeiras joga nesta quarta-feira para mudar a década. Com apenas o título do Paulistão nos últimos dez anos, o time pode voltar a uma final e lutar por um título que tiraria do lixo estes primeiros dez anos de século 21. O adversário da noite, no Pacaembu completamente lotado, é o Goiás, e o jogo, válido pela semifinal da Copa Sul-Americana.

Na primeira partida, o Palmeiras venceu por 1 a 0 com um golaço de Marcos Assunção. E o autor do gol não se importa com a pequena vantagem que conseguiu. Para ele, o Palmeiras precisa de qualquer jeito ir para cima para não ser surpreendido diante dos quase 40 mil palmeirenses que estarão no local.

Gazeta Press

Título da Copa Sul-Americana é aposta do Palmeiras para salvar temporada 2010

"Temos uma pequena vantagem, de jogar pelo empate, mas não podemos esperar o Goiás atacar dentro da nossa casa. Nós temos de tomar as rédeas da casa e se ficarmos defendendo vai ser ruim para gente. Quem tem de mandar na partida é o Palmeiras", disse Marcos Assunção, que também comentou a importância de uma taça antes do fim desta década.

"Desde o começo do ano, os jogadores que vieram sempre falaram da importância da Sul-Americana. São dez anos sem ganhar nada, coisa que não pode acontecer com o Palmeiras. É um clube grande, precisa sempre ganhar títulos, jogar Libertadores", completou.

A última vez que o Palmeiras esteve em uma final internacional aconteceu em 2000, mas o adversário era brasileiro. A Copa Mercosul de 2000 foi disputada contra o Vasco e acabou com alegria para os cariocas na incrível virada com show de Romário.

Goiás joga a salvação, mas do ano
Enquanto o time paulista luta para salvar o ano do branco, o seu rival precisa dar uma esperança de um 2011 um pouco mais animado. O Goiás já está na segunda divisão do Nacional no ano que vem e pode ter um ano completamente terrível se for eliminado na semifinal nessa quarta-feira.

Para isso, o técnico Arthur Neto poupou Felipe e Rafael Moura da última rodada do Brasileirão, quando seu time apanhou por 4 a 1 do Santos em casa. O treinador reconhece abatimento após a confirmação da queda, mas disse que é importante manter a cabeça erguida para minimizar a dor.

"Houve o rebaixamento, mas eu já estava ciente disso quando cheguei. Quando fui contratado, já havia dessa quase certeza, e meu trabalho era outro. Atrapalha um pouco. Há uma tristeza. Mas estamos conversando desde segunda-feira em cima disso aí, porque há grandes chances de o Goiás ter um final de ano melhor e se recuperar da imagem ruim que ficou", disse o treinador.

O time que se classifica representará o Brasil na final contra LDU ou Independiente. Palmeiras e Goiás também definirão se o Brasileirão terá um G3 ou um G4. Atlético-PR e Grêmio são os times que mais se interessam pela mudança neste momento.

FICHA TÉCNICA: PALMEIRAS x GOIÁS

Local: Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 24 de novembro de 2010, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (BRA)
Assistentes: Altemir Hausmann e Alessandro Rocha (ambos do Brasil)

PALMEIRAS: Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Kleber e Luan.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOIÁS: Harlei; Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Douglas, Amaral, Carlos Alberto, Marcelo Costa e Wellington Saci; Felipe e Rafael Moura.
Técnico: Arthur Neto

Leia tudo sobre: copa sul-americanafutebolgoiáspalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG