Tamanho do texto

Jéci coloca donos da casa à frente no placar, mas Marcos Assunção empata em cobrança de falta

null

Zagueiro Jéci, ex-Palmeiras, abriu o placar para o Coritiba
AE
Zagueiro Jéci, ex-Palmeiras, abriu o placar para o Coritiba

Em um jogo equilibrado, Palmeiras e Coritiba ficaram no empate por 1 a 1 no Couto Pereira. Com gols de Jéci e Marcos Assunção, os times mostraram que o principal artifício deles até o fim do Brasileirão será a vontade e não a técnica. Tanto que os dois gols vieram de bolas paradas.

O empate mantém o time na 4ª colocação, com 26 pontos, mas agora atrás do Vasco, que venceu o Santos por 2 a 0 e foi a 27. O São Paulo fica na 5ª colocação, com 25 pontos, mas com um jogo a menos. Já o Coritiba fica na 10ª colocação, com 18 pontos. O líder, que é o Corinthians, tem 31. ( Veja a classificação completa ).

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

No 1º tempo, o Palmeiras tomou um susto logo aos 8 minutos, com Jéci. Ele aproveitou rebote de excelente defesa de Marcos e abriu o placar para os donos da casa. A reação veio 11 minutos depois, com Marcos Assunção batendo falta e contando com o desvio de Léo Gago.

Na etapa final, o Palmeiras foi melhor durante 32 minutos, mas não o suficiente para ir à frente no placar. Bolas alçadas na área e chutes de longe eram tudo o que o time de Luiz Felipe Scolari conseguia fazer. O Coritiba ainda ameaçou a meta de Marcos após a expulsão de Thiago Heleno, mas também não fez o necessário. Rafinha quase saiu como o salvador, mas o camisa 12 palmeirense fez boa defesa.

No próximo sábado, o Palmeiras encara o Grêmio, no Canindé, às 18h30. Luan, que recebeu o terceiro cartão amarelo, é desfalque certo. No mesmo horário e na mesma data, o Coritiba joga contra o Flamengo, no Rio de Janeiro.



O jogo

A partida começou muito equilibrada, sem o tradicional domínio que o Coritiba exerce quando joga dentro de casa. Marcos e Edson Bastos pouco tocavam na bola. Aos 8 minutos, sempre com a bola aérea, o Palmeiars teve problemas na marcação. Depois de um desvio, Marcos fez defesa excepcional, mas a bola sobrou sozinha para Jéci, que encheu a bomba sem nenhuma chance para o goleiro, que ainda tentava se levantar.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Zagueiro Jéci, ex-Palmeiras, abriu o placar para o Coritiba
AE
Zagueiro Jéci, ex-Palmeiras, abriu o placar para o Coritiba


O Palmeiras demorou para acordar. Tanto que quatro minutos depois, Bill ficou cara a cara com Marcos e só não ampliou o placar porque o camisa 12 fechou o ângulo e evitou o segundo gol. A resposta veio também na bola parada. Marcos Assunção cruzou a bola e contou com o desvio de Léo Gago para empatar o placar aos 19 minutos.

A partir daí, o Palmeiras melhorou bastante e sempre levou perigo ao gol de Edson Bastos na bola parada. Nervoso por causa da arbitragem, que errou ao não marcar um pênalti em cima de Luan e também por não dar o cartão amarelo a Luan, o time de Luiz Felipe Scolari tinha mais dificuldades para se controlar no emocional do que para evitar as ofensivas dos donos da casa.

No 2º tempo, Marcos só levava sustos quando a bola era alçada na sua área. O Palmeiras administrava a bola, roubava sempre na intermediária e tentava armar contra-ataques. Valdivia disparou dois chutes de fora da área, um deles chegou a levar perigo e causou um escanteio, que seria desperdiçado em seguida.

Marcelo Oliveira tentou mudar o rumo do jogo colocando Triguinho e Anderson Aquino, que pouco fizeram. Em uma saída errada de Maurício Ramos, Thiago Heleno precisou fazer falta cara a cara aos 32 minutos e foi expulso. Henrique antecipou a sua estreia e entrou no lugar de Patrik para tampar o buraco.

A partir daí, o time paulista só se defendeu durante o restante da partida, enquanto que o Coritiba pressionava de todas as formas, mas de maneira estabanada. Marcos precisou fazer apenas uma defesa, após boa jogada de Rafinha.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 03 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário : 21h50 (de Brasília)
Árbitro : Célio Amorim (SC/Asp. Fifa)
Assistentes : Kleber Lucio Gil e Claudemir Maffessoni (ambos de SC)
Cartões amarelos : Valdivia, Luan e Kleber (PAL) Léo Gago, Eltinho e Leandro Donizete (COR)
Cartão vermelho : Thiago Heleno (PAL)
Público : 17.818 pagantes
Renda : R$ 295.190,00

GOLS
CORITIBA
: Jéci, aos 8 minutos do 1º tempo
PALMEIRAS : Marcos Assunção, aos 19 minutos do 1º tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Maranhão (Gil), Emerson, Jeci e Eltinho (Triguinho); Leandro Donizete, Léo Gago (Anderson Aquino), Tcheco e Rafinha; Marcos Aurélio e Bill
Técnico : Marcelo Oliveira

PALMEIRAS : Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno, Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia (João Vítor); Luan e Patrik (Henrique); Kleber.
Técnico: Luiz Felipe Scolari

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.