Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras confirma chapas para eleições

Salvador Hugo Palaia, Paulo Nobre e Arnaldo Tirone confirmam intenção de serem presidentes do clube

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A divisão da política palmeirense foi confirmada nesta segunda-feira. Os três candidatos à presidência do Palmeiras se inscreveram para tentar ganhar as eleições que acontecem no dia 19 de janeiro na Academia de Futebol. Salvador Hugo Palaia, Paulo Nobre e Arnaldo Tirone são os concorrentes. Não há possibilidade de uma nova inscrição, mas a desistência pode ser feita a qualquer momento.

Os nomes foram confirmados na data limite para a inscrição das chapas. Além dos presidentes, foram inscritos os vice-presidentes, que também não apresentaram grandes novidades em relação ao que já era esperado.

Na chapa de Arnaldo Tirone, que é candidato da oposição, estão Roberto Frizzo, que perdeu as duas últimas eleições concorrendo à presidência, Edvaldo Frasson, atual 4º vice-presidente, Walter Munhoz e Mario Giannini, que já foi diretor de futebol da gestão Mustafá Contursi. Atualmente, esse é o nome mais forte para a eleição por causa da divisão da situação e por causa do apoio de Carlos Fachina, Mustafá Contursi e Affonso Della Monica.

Salvador Hugo Palaia, que foi presidente por um curto tempo no fim de 2010, terá a companhia de Wlademir Pescarmona, atual diretor de futebol, Ebem Gualtieri, Sérgio Granieri e Osório Furlan, que ficou famoso por ajudar o time a contratar Valdivia. Furlan, aliás, chegou a cogitar apoiar Paulo Nobre, mas acabou deixando a ideia de lado por não conseguir garantias de cargo em caso de vitória.

Paulo Nobre também não apresentou surpresas. Seraphim del Grande, atual membro do COF e antigo conselheiro do Palmeiras, será o candidato à 1º vice-presidente. Genaro Marino, ex-diretor de futebol, Clóvis D'Alessio e Celso Bellini são os nomes que completam.

Vale destacar que a indicação dos nomes não garante o cargo em caso de vitória do presidente. Os vice-presidentes também serão decididos no voto. Exemplo disso é que Edvaldo Frasson, que é da oposição, é o 4º vice-presidente atualmente de Luiz Gonzaga Belluzzo.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG