Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras chega sem Kleber e médico nega simulação de lesão

Atacante não marca presença com a delegação do Palmeiras no Pacaembu e polêmica continua

Samir Martinez, iG São Paulo |

Gazeta Press
Departamento médico do clube tinha liberado o jogador, que apresentou exame apontando lesão
A delegação do Palmeiras chegou ao Pacaembu, onde enfrentará o Santos neste domingo, às 18h30 (de Brasília), em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Como já esperado, o atacante Kleber não marcou presença. O médico do clube, Otávio Vilhena, falou sobre a situação do jogador, confirmou que o atleta estava liberado para o clássico, porém negou que o atleta tenha simulado uma lesão para não jogar.

“Ele não está simulando contusão. Em nenhum momento não falamos que ele não está machucado. Mas, a questão era que ele estava liberado para o jogo, isso ele estava”, disse o médico, que explicou a situação clinica do atacante nos últimos dias.

“Ele se machucou, tratou por oito dias. Na segunda-feira, foi liberado para treinos físicos. Ele já tinha a cicatrização no local. Ele treinou a semana inteira. Na sexta treinou por 90 minutos. Ele não procurou o departamento médico para fazer qualquer tipo de tratamento nesse período. Sábado de manhã, ele participou do rachão. Ele tomou banho, estava no CT, não me procurou. Depois ele disse que estava com dor, eu falei para ele que ele treinou, mas decidi por esse caminho, que ele não ia jogar”, completou.

Após ser liberado pelo departamento médico para atuar no clássico, o atacante decidiu não seguir para a concentração e foi realizar exames médicos no Hospital Albert Einstein.

O atleta, inclusive, teria comentado com amigos que mostrará o resultado do exame. Isso porque, diferente do que foi diagnosticado no Palmeiras, o novo exame teria apontado uma lesão de grau dois na coxa esquerda. O médico do Palmeiras contesta o resultado do exame em relação a participação do atacante no jogo.

“Ele sempre se comportou bem. A imagem não é primeira opção, o que vale é o que o atleta falar. Se ele chuta, salta, faz finalizações, isso que vale As coisas ocorreram de uma maneira normal. Ele estava liberado para jogar”, disse.

O técnico Luiz Felipe Scolari esperava contar com o atacante, que treinou normalmente nos últimos dias. Kleber interessa ao Flamengo, que torce para o jogador não realizar a sétima partida no Campeonato Brasileiro. Caso defendesse o Palmeiras contra o Santos, o atacante não poderia atuar por outra equipe.

 

Leia tudo sobre: brasileirao 2011palmeiraskleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG