Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras cancela jogos na Espanha e deixa de ganhar R$ 700 mil

Roberto Frizzo justifica mudanças de planos por causa do "conjunto da obra"; ex-diretor previa bom lucro

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O Palmeiras não fará mais amistosos na Espanha no fim deste mês. O cancelamento foi confirmado pelo vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo. Segundo ele, pelo conjunto da obra, a excursão não seria proveitosa.

“A gente achou melhor cancelar pelas análises que fizemos. O conjunto da obra não nos mostrava um cenário favorável. Agora, não temos intenção de não excursionar, mas também não temos intenção de deixar de fazer esse tipo de negócio. Cada caso é um caso que precisa ser analisado independentemente”, explicou Frizzo ao iG.

A excursão, segundo estimativas da diretoria antiga, renderia cerca de R$ 700 mil de lucro líquido ao Palmeiras, já descontando as despesas que teria para que os dois jogos pudessem acontecer.

O acordo foi feito para que 40% da renda ficasse dividida entre os clubes e outros 20% ficasse com a empresa que fez o negócio. Segundo Wlademir Pescarmona, um dos responsáveis pelo negócio, até mesmo a televisão já estava interessada no negócio.

“Tirando todas as despesas, a gente conseguiria algo em torno de R$ 700 mil. Dividiríamos os lucros em 40% com cada time, sem contar a transmissão para o Brasil, que já tinha interesse do Sportv. As coisas já estavam acertadinhas até com o Felipão. Depois que saí, não sei o que aconteceu e nem o motivo para eles cancelarem isso”, lamentou o ex-diretor de futebol.

Ainda segundo ele, além do prejuízo financeiro, o Palmeiras perde na exposição que teria na Espanha e em outros países da Europa que poderia acompanhar o jogo. O Espanyol, um dos adversários do clube brasileiro, previa que o estádio recebesse ao menos 20 mil torcedores.

O cronograma do Palmeiras previa um jogo no dia 29 de março e outro no dia 31. Além do Espanyol, Betis ou Mallorca seriam o outro adversário. Os duelos foram marcados para datas da Fifa, mas o time do Palestra Itália precisaria pedir a remarcação dos jogos contra o Bragantino, pelo Paulistão, e do possível segundo jogo contra o Uberaba, da Copa do Brasil.

Leia tudo sobre: palmeirasespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG