Time de Tite fica líder com 64 pontos, e cariocas têm 62. Equipe de Felipão se mantém a seis do Z-4

nullA casa corintiana não recebeu seu "dono" nesta quarta-feira à noite, mas foi muito útil. O Palmeiras buscou o empate contra o Vasco por 1 a 1 e ajudou seu arquirrival a se distanciar na briga pelo título do Brasileirão, já que a equipe venceu o Ceará em Fortaleza por 1 a 0. Dedé e Luan foram os autores dos gols que deixaram a rodada com a cara do time de Parque São Jorge.

Agora, a tabela mostra o Corinthians com 64 pontos, enquanto que o Vasco fica na vice-liderança com 62. O terceiro colocado é o Fluminense , que venceu o Grêmio com show de Fred e chegou aos 59 pontos. Na parte de baixo da tabela, o Palmeiras fica com 43, sobe duas posições pelo Atlético-GO ainda não ter atuado e pelo Bahia ter sido derrotado pelo Inter e fica a seis pontos do Z-4. O Atlético-PR é o melhor da zona do perigo com 37 pontos.

Veja a classificação completa do Campeonato Brasileiro faltando três rodadas

O jogo foi marcado por duas etapas distintas. No 1º tempo, o lance mais perigoso aconteceu logo aos 3 minutos e já foi decisivo. Dedé aproveitou saída ruim de Deola no cruzamento de escanteio e abriu o placar para o Vasco. Depois disso, o Palmeiras chegoua  melhorar, com chances de Marcos Assunção e Cicinho, mas parou em um Fernando Prass muito seguro.

Na etapa final, o Palmeiras voltou um pouco melhor, enquanto que o Vasco passou a tentar jogar apenas no erro do adversário. E foi a zaga do time carioca que acabou batendo cabeça. A bola sobrou para Luan, sozinho, que marcou seu 9º gol no Nacional.

Na próxima rodada, o Palmeiras joga fora de casa, diante do Bahia, às 19h do próximo domingo. Depois, tem os dois clássicos diante de São Paulo e Corinthians. Já o Vasco recebe o Avaí, no mesmo horário, mas no sábado. Os dois últimos jogos do time carioca são contra Fluminense e Flamengo.

O jogo

Nem deu tempo dos atrasados se sentarem, e Dedé já estava comemorando seu terceiro gol seguido em quatro jogos. O zagueiro aproveitou uma saída ruim de Deola aos 3 minutos e cabeceou após cobrança de escanteio para abrir o placar no Pacaembu, para a alegria dos vascaínos que, literalmente, dividiam o estádio.

Em seguida, o Palmeiras começou uma reação, principalmente com jogadas de Marcos Assunção e Cicinho. O volante bateu duas faltas. Na primeira, o desvio dentro da área colocou a bola nas mãos de Fernando Prass. Depois, o especialista tentou pegar o goleiro no contrapé, mas parou novamente nas mãos do vascaíno. Entre esses duas chances, aos 10 minutos, Cicinho chutou de fora da área, mas não com colocação suficiente para empatar o jogo.

Entre para a Torcida Virtual do Palmeiras ou do Vasco e comente o resultado

Diego Souza foi criar outra chance boa, novamente de cabeça, aos 28 minutos do 2º tempo. Ele subiu mais alto sem dificuldades em cima de Leandro Amaro, mas parou em Deola. A partir daí, o Vasco passou a controlar o jogo, com toques de bola de lado e só atacando na segurança.

No 2º tempo, o início foi de nova pressão do Vasco. Fágner recebeu bola de Allan e chutou de fora da área. A bola passou à direita de Deola. Felipão resolveu tentar ver seu time reagir e fez duas mudanças ao mesmo tempo. Pedro Carmona e Dinei entraram nos lugares de Patrik e Ricardo Bueno.

A substitução colocou o Palmeiras mais à frente e incendiou o Pacaembu. Minutos após a entrada dos dois jogadores, em cobrança de escanteio de Marcos Assunção, a zaga vascaína bateu cabeça, e a bola ficou nos pés de Luan, que teve pouco trabalho para empatar o placar.

Siga o Twitter do iG Palmeiras ou do iG Vasco e receba notícias do seu time em tempo real

O gol colocou o Palmeiras no domínio do jogo. Dinei, muito participativo na marcação até o meio de campo, melhorou a referência do time à frente, enquanto que Carmona passou a se movimentar bem mais que Patrik. O anúncio de que o Corinthians estava à frente do placar, no entanto, fez o Vasco tentar atacar mais.

Enquanto a torcida vascaína gritava "entrega", os jogadores passaram a dar o último pique, sem muito sucesso. Mesmo com a mudança de comportamento, o Palmeiras ainda mostrava certa superioridade. O jogo passou a parar muito com irregularidades e o empate foi o resultado final.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 1 X 1 VASCO

Local : Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 16 de novembro de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro : Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes : Carlos Berkenbrick (Fifa-SC) e Kleber Lucio Gil (SC)
Cartão amarelo: Renato Silva e Dedé (VAS); Pedro Carmona e Thiago Heleno (PAL)
Público : 8.153 pagantes
Renda : R$ 122.555,00

GOLS:
PALMEIRAS
: Luan, aos 18 minutos do 2º tempo
VASCO : Dedé, aos 3 minutos do 1º tempo

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vítor (Chico) e Patrik (Pedro Carmona); Luan e Ricardo Bueno (Dinei)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Nilton, Fellipe Bastos, Felipe e Allan (Diego Rosa); Eder Luis (Bernardo) e Diego Souza (Elton)
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.