Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras bate Santo André e vai à próxima fase da Copa do Brasil

Kleber perdeu outro pênalti, Danilo fez o gol da vitória de cabeça e Valdivia irritou rival. Próximo rival deve ser o Coritiba

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

O Palmeiras garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil com um futebol vibrante no segundo tempo, capaz de empolgar os torcedores que lotaram o Pacaembu na tarde desta quinta-feira. O 1 a 0 sobre o Santo André sacramentou a vaga, que começou a ser conquistada semana passada, no ABC, com vitória por 2 a 1.

O adversário agora provavelmente será o Coritiba, que na próxima quarta-feira (27 de abril) visita o Caxias-RS com 4 a 0 de vantagem. 

O gol da vitória foi marcado por Danilo, de cabeça. Depois, Kleber ainda perdeu mais um pênalti (no primeiro jogo havia errado dois).

Felipão preferiu deixar Wellington Paulista no banco novamente e escalou Luan e Kleber como atacantes. Valdivia retornou ao time depois de ser poupado na última rodada do Campeonato Paulista e se envolveu em polêmica com o zagueiro Anderson, expulso após falta no chileno (opine a respeito na enquete abaixo). Ponto negativo para Felipão foi ter perdido dois jogadores machucados, que serão reavaliados nesta sexta-feira pelo departamento médico: Thiago Heleno e Cicinho, ambos com dor na coxa.

No próximo domingo, o Palmeiras recebe o Mirassol, de novo no Pacaembu, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Não há vantagem, então se empatar a decisão será nos pênaltis. O duelo contra Coritiba ou Caxias ainda não tem data definida.

O jogo
Um primeiro tempo com muitos erros. O Palmeiras errou a maioria dos passes, o que fez chutar poucas bolas ao gol de Neneca. O Santo André arriscava “chuveirinhos”, ou seja, bolas cruzadas na área sem destino. O técnico Luiz Felipe Scolari pediu durante a semana de treinamento que o time evitasse faltas laterais, para que a equipe do ABC não aproveitasse o que tem de melhor, o cabeceio. Não foi ouvido.

Os palmeirenses pareciam nervosos, apesar da vantagem obtida na partida de ida (vitória poir 2 a 1 em Santo André). Kleber e Valdivia reclamavam muito com a arbitragem e o chileno levou até um cartão amarelo por uma falta e depois teve que ser retirado pelos companheiros para que a reclamação não resultasse em uma expulsão.

[]Neneca só foi trabalhar no final do primeiro tempo, quando Luan deixou a área e passou a tabelar com Valdivia. Kleber ficou mais isolado, mas quase aproveitou dois cruzamentos, um de Cicinho e outro de Luan.

No segundo tempo o Palmeiras foi a campo sem Thiago Heleno, que deixou o campo machucado (e suspenso para as quartas de final, já que recebeu o terceiro cartão amarelo). Leandro Amaro entrou em seu lugar. Logo no primeiro lance, Deola salvou cabeçada (olha a jogada aí) de Aloísio. Foi ovacionado pelo Pacaembu.

Depois de Luan perder ao menos duas boas jogadas, alguns torcedores no estádio passaram a gritar o nome de Wellington Paulista, que estava no banco. Felipão precisou, porém, fazer duas alterações por lesão (Thiago Heleno e Cicinho). Mesmo precisando de dois gols para passar de fase, o Santo André esperava o Palmeiras, e puxava contra-ataques. Alguns perigosos, mas a falta de categorias de seus atacantes ajudou ao Palmeiras.

Com Valdivia começando a ficar inspirado e a sofrer faltas, Palmeiras foi chegando e marcou gol em cobrança de escanteio de Marcos Assunção, que Danilo aproveitou. Depois, Kleber sofreu pênalti, ele mesmo bateu e chutou no travessão. Foi seu terceiro erro seguido - havia perdido dois contra o mesmo rival, no jogo de ida.

Milton Trajano
Páscoa palmeirense retratada em charge de Milton Trajano


FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 1 x 0 SANTO ANDRÉ
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de abril de 2011, quinta-feira
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Carlos Nogueira Júnior e Anderson Moraes Coelho (SP)
Público pagante: 33.614 
Renda: R$ 985.018
Cartões amarelos: Thiago Heleno (suspenso), Valdivia, Luan (PAL), João Paulo, neneca, Mário Jara, Alex Silva (SA)
Cartão vermelho: Anderson (SA)
Gol: Danilo, aos 32min do 2°T 

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (João Vitor), Danilo, Thiago Heleno (Leandro Amaro) e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga e Valdívia; Luan (WellingtonPaulista) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

SANTO ANDRÉ: Neneca, João Paulo, Anderson, Sandoval e Alex Silva; Magno, Mario Jará (Chiquinho), Aloísio e Gilberto (Borebi); Rychely e Célio Codó (Luciano Fonseca)
Técnico: Sandro Gaúcho

Leia tudo sobre: PalmeirasCopa do BrasilPacaembu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG