Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras antecipa testes médicos e ressalta economia de R$ 50 mil

Time tem estrutura dentro da Academia e não precisa gastar dinheiro para pagar exames para atletas em hospitais

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Apesar de ainda precisar enfrentar o Cruzeiro pelo Brasileirão, o clima do Palmeiras já é de férias. Durante o início da manhã, o dia foi de testes já pensando em ganhar tempo para 2011. Graças a uma parceria com uma empresa de equipamentos médicos, o time comemora o fato de não precisar sair da Academia para executar os procedimentos normais de início de temporada.

O fisiologista Paulo Zogaib explica que ter os aparelhos dentro de sua própria estrutura economiza tempo, por não precisar marcar horários em hospital, e dinheiro, cerca de R$ 50 mil.

"Se a gente fosse para o hospital, precisaríamos pagar por cada atleta. E temos cerca de 30. Aqui, gastamos apenas com os itens básicos do exame", disse o fisiologista.

Ainda segundo o especialista, dificilmente algum problema será detectado nestes exames, mas como qualquer coisa que saia do normal pode ser muito perigoso para a vida dos jogadores, é preciso sempre fazer os testes.

"Como esses jogadores já passaram por várias outras avaliações e vieram de outros clubes, dificilmente a gente detecte algo de anormal. Esse teste é mais pela precaução, para saber se tudo está dentro da normalidade. Fazemos todos os anos e já estamos fazendo isso agora para ganhar tempo", explicou Paulo Zogaib.

O elenco foi dividido em vários grupos. Pela manhã, nenhum titular esteve na Academia e apenas os reservas passaram por avaliações de massa corporal e cardíaca. Bruno, Fábio, Rafael, Luis Felipe, Patrik, Fernando, Vitor, Leandro Amaro, Lenny, Vinicius, Dinei, Rivaldo, Jean e Fabrício fizeram os testes.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG