Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palmeiras ainda banca maior parte de salário de Lincoln

Empréstimo do jogador para o Avaí foi feita apenas para aliviar folha de pagamento do clube

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O Palmeiras ainda precisa terá gastos com o Lincoln até o fim de 2011. O iG apurou que o empréstimo do jogador para o Avaí serviu para aliviar a folha de pagamento em cerca de R$ 100 mil, que passaram a ser bancados pelos catarinenses. O restante, que beira a casa dos R$ 170 mil, ainda está nas contas do clube, que chegou a pensar em fazer uma parceria para esse gasto.

Além disso, o time paulista precisa sanar a dívida de 1 milhão de euros, feita com o jogador na época de sua transferência. O atleta pagou com seu próprio dinheiro para quebrar o contrato com o Galatassaray.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

No acordo entre atleta e Avaí, ainda há uma opção para a renovação de contrato após esse término. O Palmeiras não se envolveu com isso e conta os dias para se livrar de forma integral do gasto.

Apesar do gasto, o acordo é comemorado pelo alívio parcial nas economias e também por tirar do elenco um jogador que, claramente, não agradava Luiz Felipe Scolari. Já no Avaí, o camisa 99 chegou com status de salvador da pátria e de maior contratação do time catarinense.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Leia tudo sobre: palmeirasavaíbrasileirão 2011lincoln

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG