Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Palaia revela "sacanagem" de Belluzzo e reprova Ronaldinho Gaúcho

Candidato à presidencia do Palmeiras disse que chegada do meio-campista aumentaria a dívida do clube e criticou atual mandatário

Gazeta Esportiva |

Com a proximidade da eleição presidencial, o clima político no Palmeiras fica ainda mais turbulento. Desta vez, o candidato considerado da situação, Salvador Hugo Palaia, disparou contra o atual presidente do clube, Luiz Gonzaga Belluzzo, que na teoria seria um dos alicerces de sua chapa para comandar o Palmeiras no biênio 2011/2012.

"Fui sacaneado pelo Belluzzo ou pelos que o acompanham. Era o momento dele estar ao meu lado, mas nem sei de que lado ele se encontra. O Belluzzo foi uma decepção. Cheguei a abrir mão da minha candidatura para estar ao lado dele", disse Palaia, em entrevista à Rádio Globo.

Nas últimas semanas, Belluzzo tem trabalhado por uma unificação da candidatura de Palaia com Paulo Nobre. Porém, nenhuma das partes demonstra vontade em perder a chance de assumir a presidência a partir de 19 de janeiro.

Além da insatisfação com Belluzzo, Palaia resolveu demonstrar sua discordância com a chegada de Ronaldinho Gaúcho ao Palestra Itália. Questionado sobre a notícia vinda da Itália de que o meia irá jogar no Grêmio, o dirigente esbanjou honestidade.

"Acho até melhor a ida dele para o Grêmio. A chegada do Ronaldinho aumentaria ainda mais a dívida do Palmeiras, que já é de R$ 130 milhões. E devemos imaginar como ficaria o elenco com a presença de um atleta que vai ganhar o que estão falando. Outros não iriam suar a camisa", disparou Palaia.

Leia tudo sobre: palaiabelluzzocontrataçãoronaldinho gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG