Tamanho do texto

O pai, Hélio, confia que o filho vai fazer gol sobre o Coritiba e afirma que o meia está feliz no clube

O meia Bernardo recebeu um apoio especial no treino do Vasco nesta terça-feira, em São Januário. Os pais Hélio e Joelma e a irmã Bianca vieram de Sorocaba, interior de São Paulo, para prestigiar o artilheiro do time na temporada (11 gols) e no Brasileiro (3).

Discreta, a família assistia ao treino da arquibancada, observando o meia entre os titulares. Nesta quarta-feira, Bernardo é uma das esperanças de gol da equipe cruzmaltina contra o Coritiba , no primeiro jogo valendo o título da Copa do Brasil.

Se depender do histórico do camisa 31 na temporada, são grandes as chances de Bernardo deixar sua marca. Mas "seu" Hélio foi além. Ex-jogador de Fluminense e Sport, o pai-coruja lembrou que o filho sempre foi artilheiro nos momentos decisivos.

"Bernardo é daqueles jogadores que crescem numa final. Sempre foi assim, desde as divisões de base. Foi assim nas seleções sub 17 e sub 15. Ele é goleador e decisivo. Se Deus quiser, vai brilhar nesta decisão", previu o pai.

Bernardo durante treino em São Januário
Maurício Val / Fotocom.net
Bernardo durante treino em São Januário
A mãe conta que o filho está feliz no Vasco. Depois de ser preterido pelo Cruzeiro com Adilson Batista e Cuca, Bernardo veio para o Vasco no começo da temporada e se adaptou ao clube. Mesmo na condição de reserva - embora de luxo -, Bernardo, segundo Dona Joelma, não quer mais saber do Cruzeiro. Em tempo: o clube mineiro é dono dos seus direitos econômicos, e seus empréstimo no Rio termina em dezembro.

"Meu filho não quer mais voltar para Belo Horizonte. Ele está satisfeito aqui. No Vasco, ele tem chance, dão valor a ele. Aqui o Bernardo joga, a torcida gosta dele e ele gosta do clube", revela a mãe.

"Ser reserva hoje não o atrapalha. Bernardo é tranquilo, não causa tumulto. Ele quer é ser lembrado e ter oportunidade. E no Vasco ele tem, por isso já me disse que o Cruzeiro é coisa do passado", completa o pai.