Crime foi cometido pelo pai da vítima, avô do ex-jogador, que atirou com um rifle após uma discussão

Milosevic em 2006, quando defendia o Osasuna
Getty Images
Milosevic em 2006, quando defendia o Osasuna
Na noite desta sexta-feira, o avô do ex-jogador Savo Milosevic assassinou seu próprio filho na cidade de Glavicine, localizada a 200 km de Sarajevo. De acordo com a imprensa local, o crime foi cometido após uma discussão na casa da família.

Segundo um porta-voz da polícia, após se desentender com seu filho, o avô de Milosevic disparou com um rifle M-28, atingindo o peito da vítima. Mesmo socorrido, o pai do ex-jogador não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do hospital. Já o avô foi detido pelas autoridades logo em seguida.

O sérvio ganhou destaque no cenário internacional durante sua passagem pelo futebol espanhol, nos anos 2000,quando defendeu o Osasuna, o Espanyol, o Zaragoza e o Celta. Além destes, Milosevic atuou com as camisas do Partizan, Parma, Aston Villa e da seleção sérvia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.