Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paciência e atenção são lições aprendidas pelo Grêmio em retranca

Adilson e Gabriel usam experiência contra o Veranópolis para ter sucesso diante do Junior

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Gabriel pede cuidado ao Grêmio
Tudo bem que as competições são diferentes e o nível das equipes também, mas a experiência de enfrentar a retranca do Veranópolis, domingo, pelo Gauchão, será usada pelo Grêmio para evitar problemas na Libertadores. Paciência e atenção são as palavras de ordem para enfrentar o Junior, quinta-feira, no Olímpico.

O volante Adilson, que poupado assitiu ao confronto estadual pela televisão, disse acreditar que o time colombiano, único com 100% de aproveitamento no torneio sul-americano, com quatro vitórias em quatro jogos, e líder do Grupo 2, irá redobrar os cuidados defensivos. Pediu a compreensão da torcida com eventuais dificuldades na partida:

“Estamos mal acostumados. Só ganhamos ou empatamos em casa e costumamos marcar cedo. Todos, em campo e na arquibancada, precisam ter paciência. Não adianta apressar o jogo, afinal, erraremos muitos passes”.

Ao definir o Junior como “uma equipe de qualidade e forte no contrgolpe”, o lateral-direito Gabriel disse que o Grêmio precisa de muita atenção.

“Temos que procurar impor o ritmo e cuidar para não sermos surpreendidos. Quando enfrentamos equipes fechadas, temos que achar o caminho. Não é fácil. Temos que ir pelos lados, pelo meio, procurar uma falha para encontrar o gol”, comentou o lateral.

A partida começa às 19h15min no Olímpico. Empate garante o Grêmio nas oitavas-de-final.
 

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG